Poupança

A caderneta de poupança é ainda o investimento mais popular no Brasil. Um estudo da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiros e de Capitais (Anbima) apontou que o investimento é o número um de escolha dos usuários. O resultado do levantamento foi divulgado em junho de 2022.

Por ser a mais conhecida e tradicional no país, a aplicação tem como um dos benefícios a segurança. Uma das facilidades da caderneta de poupança é por não ser tão burocrática.

Você não precisa de valor mínimo de aplicação e pode fazer em qualquer instituição financeira. Para isso, basta transferir os recursos da conta corrente para a caderneta. Se está começando sua organização financeira e entende pouco de investimento, pode ser uma opção ideal no momento.

Leia Mais

O que é a poupança?

A poupança é um tipo de investimento de renda fixa que pode ser feito por investidores conservadores, pois não haverá muitos riscos. É considerada uma das mais seguras.

Atualmente, quase todos os bancos comerciais dispõem da modalidade de investimento e para isso você não precisa ser correntista do banco. Se tiver interesse em ter uma caderneta de poupança, basta procurar uma agência bancária com a documentação exigida e fazer a aplicação.

Se houver cobrança de algo, desconfie. Isso porque não existem taxas para abertura, manutenção e administração da poupança. A prática é proibida.

Também, o valor que você ganhar será isento de tributos. Mas caso seja parte do seu patrimônio e você declarar obrigatoriamente o informe anual de rendimento à Receita Federal do Brasil, você terá que indicar na declaração de imposto de renda.

Como declarar poupança no imposto de renda

Quem tem dinheiro guardado na caderneta, deve ficar de olho na mudança em relação à declaração de rendimentos.

O brasileiro deve indicar a declaração de poupança com saldo acima de R$140. A obrigação é válida para quem tem caderneta de poupança própria ou um de seus dependentes (filhos, por exemplo).

No início dos anos, as instituições financeiras fazem o envio do informe de rendimento aos clientes. No ato de declarar o imposto de renda, na ficha procure por “rendimentos isentos e não tributáveis”, posteriormente deve clicar em “novo”. O próximo passo é selecionar “tipo de rendimento” e “12 – Rendimentos de caderneta de poupança”.

Também na ficha deve ser colocado o CNPJ do banco e o nome do banco na parte de “nome da fonte pagadora”. Após isso, em “valor” insira o total de rendimentos do ano anterior de acordo com o informe encaminhado pelo banco. Para finalizar, clique em “OK”.

Como funciona uma poupança?

A caderneta de poupança é uma aplicação de renda fixa, regulada pelo Banco Central. Logo, você saberá de forma prévia, o valor que receberá caso queira resgatar, pois, o cálculo da remuneração é indicado no momento da aplicação.

Ao investir, você empresta seu dinheiro para o banco. Com isso, a instituição financeira usará sua aplicação e quando você pegar de volta, você receberá o valor deixado mais os juros.

O acréscimo de juros é chamado “remuneração” e condiz com o tempo que o dinheiro ficou emprestado.

Quanto rende a poupança?

A Poupança tem liquidez diária e a rentabilidade é a mesma em qualquer banco. Além disso, o resgate dos rendimentos pode ser feito a qualquer momento.

Mas na caderneta de poupança a forma de rendimento é diferente. A remuneração é creditada todos os meses e apenas na “data de aniversário”, sendo o dia do mês em que o depósito foi feito.

Na prática, será assim: você aplicou R$100 reais no dia 1 de determinado mês, você só terá a remuneração no dia 1 do próximo mês. Se quiser resgatar antes da data, você perderá todo o retorno do período.

É válido lembrar que a poupança é segura por ter a proteção do Fundo Garantidor de Créditos (FGC). Ele visa assegurar ao investidor, em casos de quebra do banco ou instituição financeira, que o dinheiro investido será recebido de volta. 

O limite máximo de devolução, assegurado pelo FGC é de até R$250 mil por banco, podendo receber o valor indicado anteriormente por no máximo quatro instituições bancárias.

O rendimento da poupança tem correlação com a taxa básica de juros da economia brasileira, que é a Taxa Selic.

  • Se a taxa Selic estiver acima de 8,5% ao ano, o rendimento será de 0,5% ao mês mais a variação da Taxa Referencial (TR);

  • Se a taxa Selic estiver igual ou abaixo de 8,5% ao ano, o rendimento será de 70% da Selic mais a variação da Taxa Referencial (TR).

Saiba mais!

A Taxa Referencial funciona como um indicador para a atualização monetária de algumas aplicações financeiras e operações de crédito, ou seja, serve para corrigir valores ao longo dos anos.

A taxa Selic (Sistema Especial de Liquidação e Custódia) é uma referência para o governo remunerar os investidores que compram títulos de dívida, utilizada no mercado interbancário para o financiamento de operações com duração diária.

Diferenças entre conta poupança e conta corrente

Algumas pessoas podem confundir as contas corrente e poupança, mas há diversas entre elas. Confira as principais.

Conta poupança

A conta poupança pode ser utilizada para guardar dinheiro e obter rendimentos. O ideal nessa conta é não movimentar a aplicação feita. Mas, caso queira, serão permitidas movimentações.

Os rendimentos, também conhecidos como  remuneração, não sofrem cobrança de imposto de renda.

Conta corrente

Já a conta corrente é um tipo de conta utilizada para receber dinheiro e realizar transações bancárias (pagamento, transferências, saques e outros). Serve mais para ações realizadas no dia a dia.

Em alguns bancos há a cobrança de taxas para a manutenção, isso caso o usuário não opte pela Cesta Básica de Serviços (gratuita), instituída pelo Banco Central.

Como funciona a cesta básica gratuita?

A Cesta de Serviços do Bacen é composta por 4 saques mensais, 2 transferências entre contas da própria instituição, 2 vias de extratos impressos e 10 folhas de cheque. Tudo isso grátis.

O cliente do banco não precisa pagar nenhuma taxa bancária em sua conta corrente caso escolha utilizar a Cesta de Serviços do Bacen, somente se exceder o uso indicado do benefício.

Vantagens e desvantagens de investir na poupança

Embora muito criticada, a poupança é um investimento seguro e muito usado por muitos brasileiros. Confira abaixo critérios que tornam ela vantajosa ou não para a sua realidade.

Os principais benefícios são:

  • Investimento de risco baixo;

  • É gratuita;

  • Funciona bem como reserva de emergência;

  • Não há ferramentas difíceis de manusear;

  • Facilidade para resgate da aplicação;

  • Não impede a abertura para negativados;

  • Pessoas sem comprovação de renda podem abrir poupança.

Já em relação às desvantagens temos:

  • Rendimento baixo em relação aos outros investimentos de renda fixa;

  • Perda real do poder de compra ao longo dos anos.

Como funciona a poupança? Descubra o rendimento e se vale a pena manter o seu dinheiro lá

Você ainda guarda o seu dinheiro na poupança? Em janeiro de 2021, a caderneta de poupança completou 160 anos. Criada por Dom Pedro II em 1861 por meio do decreto...

Será que a poupança é um bom investimento? Descubra 5 opções melhores!

Famosa opção para guardar dinheiro, manter uma reserva financeira e investir com segurança, a caderneta de poupança é...

Quanto rende 1.000 na poupança? A caderneta é melhor que os CDBs e o LCIs?

Se você está pensando em entrar no mundo dos investimentos, é provável que tenha dúvidas como “quanto rende...

Como funciona a poupança? Descubra o rendimento e se vale a pena manter o seu dinheiro lá

Você ainda guarda o seu dinheiro na poupança? Em janeiro de 2021, a caderneta de poupança completou 160 anos....

Poupança para filhos: razões para NÃO abrir + soluções

Criar uma reserva financeira para os filhos é um dos melhores investimentos que os pais podem fazer, no...
spot_img

Será que a poupança é um bom investimento? Descubra 5 opções melhores!

Famosa opção para guardar dinheiro, manter uma reserva financeira e investir com segurança, a caderneta de poupança é a principal aplicação feita pelos brasileiros,...

Quanto rende 1.000 na poupança? A caderneta é melhor que os CDBs e o LCIs?

Se você está pensando em entrar no mundo dos investimentos, é provável que tenha dúvidas como “quanto rende 1.000 reais na poupança?” e “qual...

Como funciona a poupança? Descubra o rendimento e se vale a pena manter o seu dinheiro lá

Você ainda guarda o seu dinheiro na poupança? Em janeiro de 2021, a caderneta de poupança completou 160 anos. Criada por Dom Pedro II em...

Poupança para filhos: razões para NÃO abrir + soluções

Criar uma reserva financeira para os filhos é um dos melhores investimentos que os pais podem fazer, no entanto, o que muitos não sabem...

Poupança e inflação: qual é a relação entre elas?

Toda pessoa que pensa em começar a investir já ouviu diversas opiniões sobre a poupança. Mas você sabe, de fato, o que ela é?...

Como funciona a taxa Selic na poupança: entre altos e baixos

Em algum momento, você já ouviu falar que os juros estão muito altos ou muito baixos no país todo? Com isso em mente, preparamos...
spot_img