O que significa queda da bolsa? Como isso impacta seus investimentos

Qualquer investidor, seja iniciante ou experiente, já deve ter ouvido falar nesse termo. Mas, você realmente sabe o que significa a queda da bolsa?

Como você deve saber, o mercado financeiro é extremamente volátil. Por conta disso, tanto eventos internos quanto externos ao país podem gerar oscilações na cotação dos ativos. Quando os preços sobem, dizemos que a bolsa está em alta. Quando a movimentação é negativa, significa a queda da bolsa.

Mas, afinal, como isso impacta em seus investimentos, o que gera essa queda e como agir nessas situações? Relaxa, pois a gente está aqui para te ajudar a entender tudo isso!

Neste post explicamos o que significa a queda da bolsa, o que faz com que isso aconteça e ainda apresentamos o mecanismo de segurança que é acionado pela B3 quando isso ocorre, a fim de frear a queda e proteger os investidores. Boa leitura!

O que significa a queda da bolsa de valores?

Seja você um investidor experiente ou iniciante, já deve ter ouvido algumas vezes o termo “queda da bolsa de valores”, especialmente quando o país enfrenta momentos de crise financeira, não é mesmo?

“Mas, afinal, você o que significa esta expressão?”

Para ficar mais claro, vamos pegar como exemplo a Bolsa de Valores Brasileira, que funciona como um mercado de valores mobiliários, onde investidores negociam diariamente diversos tipos de ativos financeiros.

Quando os noticiários anunciam que a bolsa caiu, na verdade estão se referindo à queda do Ibovespa — principal indicador da B3 — que funciona como um carteira teórica, composta por ações das principais empresas do país, correspondendo a cerca de 80% das negociações realizadas na Bolsa de Valores Brasileira.

Tendo isso em mente, fica fácil compreender que a queda da bolsa significa que as ações dessas empresas estão sofrendo desvalorização. Por outro lado, quando essas mesmas ações sobem, é comum ouvirmos notícias sobre a “alta da bolsa”.

O que faz a bolsa cair?

Para entender o que faz a bolsa cair, é importante ter clareza sobre como o mercado financeiro funciona.

Primeiramente, você deve compreender que um dos principais fatores que influenciam na precificação de um ativo é a lei da oferta e demanda:

Quando o mercado está aquecido e há muitos interessados em determinada ação, seu preço tende a subir. Por outro lado, diante de momentos de incerteza, muitos investidores podem optar por vender suas ações para alocar o dinheiro em outras aplicações mais promissoras no momento, logo, a tendência é de que seu preço caia.

Agora, lembra que falamos que o Ibovespa é uma carteira teórica, composta pelas empresas mais importantes do país? Então, se há muita gente vendendo e poucos comprando estas ações, é natural que haja uma queda da bolsa, concorda?

Essas oscilações podem ser influenciadas tanto por fatores internos quanto externos, como o momento político do país, a economia mundial, conflitos internacionais e até mesmo crises sanitárias, como a que passamos por conta da Covid-19.

Para se aprofundar mais neste assunto, baixe gratuitamente nosso e-book: Como se formam os preços dos ativos. É só clicar no banner abaixo e fazer o download.

banner para download do ebook gratuito: como se formam os preços dos ativos.

O que acontece se a bolsa de valores cair?

Quando o Ibovespa começa a cair, o instinto natural dos investidores é vender suas ações para minimizar seu prejuízo. Fazendo isso, logo são seguidos por outros, derrubando ainda mais os preços das ações.

Para conter este “efeito manada”, a B3 possui um mecanismo de segurança, chamado Circuit Breaker, que tem como função, interromper as negociações para acalmar os ânimos dos investidores, freando a queda brusca na cotação das ações.

Seu acionamento possui três estágios:

  • Estágio I – as negociações são paralisadas por 30 minutos, caso o Ibovespa apresente uma queda de 10% em relação ao fechamento do pregão anterior;
  • Estágio II – uma nova paralisação, desta vez de 1 hora, caso o índice continue em queda, atingindo 15% de desvalorização;
  • Estágio III – caso a queda persista, ao chegar em 20%, a B3 definirá um novo período de suspensão, que será informado em seus canais oficiais de comunicação.

Um exemplo recente aconteceu em 2020, quando, por conta do cenário de incerteza econômica, provocado pela pandemia de Covid-19, o Ibovespa caiu de 114 mil pontos em fevereiro para 63 mil em março

gráfico representativo da queda queda do Ibovespa em 2020
Fonte: G1 com dados da B3

Apenas no período de maior queda, entre 9 e 18 de março, as negociações na bolsa sofreram seis paralisações. Conforme você pode ver no gráfico, felizmente, a bolsa voltou a subir gradualmente nos meses seguintes, até recuperar o antigo patamar no fim do ano.

Como lidar com a queda da bolsa?

Agora que você já sabe o que significa o termo “queda da bolsa” e o que acontece nessa situação, não irá se assustar tanto diante de um evento como esse. O importante é se manter bem informado e aprender a controlar suas emoções.

Mantenha a calma, aja com racionalidade e evite cair no efeito manada. Antes de fazer qualquer coisa, procure entender o contexto geral: “o que levou a esta queda?” Dessa forma, você terá a oportunidade de tomar uma decisão mais bem embasada.

Em outras palavras, procure agir com base em dados, ao invés de ceder ao impulso e deixar suas emoções controlarem seu comportamento.

Outra dica importante para se proteger é sempre diversificar seus investimentos. Assim, mesmo que a bolsa de valores esteja em queda, parte do seu patrimônio permanecerá em segurança, rendendo normalmente em outras aplicações.

Na vida e nos investimentos, conhecimento e experiência são tudo. Por isso, quanto mais você souber, melhor irá lidar com as adversidades do mercado, reduzindo perdas e identificando boas oportunidades para aumentar seus lucros. 

Tendo isso em mente, que tal dar o primeiro passo para fazer seu dinheiro render mais? Conheça o curso Introdução ao Universo de Trading. Por meio de um conteúdo super didático e completo, você vai aprimorar seu repertório de análise e aprender a identificar as empresas mais promissoras da bolsa.

spot_img

Continue Aprendendo

spot_img