Desenvolvimento

Com uma crescente evolução do mercado tecnológico, torna-se cada vez mais necessário profissionais capacitados e com conhecimento em tecnologia da informação, pois são eles que fazem funcionar todo o processo de uma empresa, como é o caso do analista de desenvolvimento de sistemas. 

Nos últimos anos, o mercado de tecnologia vem se desenvolvendo e mais pessoas se interessam pela área. 

No entanto, ainda é comum entender a verdadeira definição do desenvolvimento de sistemas, as funções de um profissional da área, quais os benefícios para a empresa e onde que essas pessoas podem trabalhar atualmente. 

Descubra nos próximos tópicos cada um desses pontos. 

Leia Mais

O que é desenvolvimento de sistemas ou de softwares?

O desenvolvimento de sistemas ou de softwares é um dos mercados que mais crescem. É nesse setor que se realizam diversas tarefas referentes ao hardware dos computadores, quanto softwares, de forma que mantenha o funcionamento pleno de toda a tecnologia e equipamentos de uma organização.

É nesse campo que se criam sistemas, soluções e demais demandas para monitorar e realizar qualquer operação com uso da internet, também. 

Por exemplo, imagina que você usa seu smartphone e todos os dias precisa usar aplicativos que facilitam sua vida e no computador usa outras ferramentas de trabalho mais funcionais e fundamentais, como um gerenciador de tarefas. Seja qual for o modelo que optar, tudo isso são softwares desenvolvidos por uma área de desenvolvimento de sistemas. 

Essa área faz parte integrante do dia a dia de qualquer pessoa, seja na vida pessoal, seja no trabalho. 

Sobre seu funcionamento, ele deve ser feito com muito planejamento, estruturação e pensamento crítico para solução de problemas, pois um software é composto por uma série de códigos interligados e relacionados que formam um produto virtual.

Por isso, é um trabalho estruturado em etapas, com a proposta de tornar o trabalho mais fluido e organizado. Algumas delas são:

  • Levantamento de requisitos;

  • Análise de requisitos;

  • Análise financeira;

  • Produção;

  • Teste;

  • Implementação.

O que faz um desenvolvedor?

O desenvolvedor é o profissional que integra a equipe de criação, manutenção e otimização de operações que envolvem qualquer sistemas de aparelhos tecnológicos, como o computador, smartphone, tablet, entre outros. 

Sua função é um alinhamento entre planejamento e estratégia, pois seu objetivo é fazer a concepção de um programa, bem como acompanhar todo o seu funcionamento e entender se ele está adequado ao que se precisa ou não. Assim, ele começa a agir antes mesmo do momento em que o programador começa a escrever o código.

É o profissional que escreve e cria softwares, desde websites, programas de computadores, sistemas operacionais, redes sociais, aplicativos de celular e outros dispositivos, envolvendo o entendimento, o uso e a aplicação de diferentes linguagens de programação, como html, java, c++, além da coleta e análise de dados de usuários que podem ser fundamentais na tomada de decisões. 

Por isso, é um profissional que precisa entender quais são as necessidades do cliente e as expectativas esperadas para o software. Ele é como se fosse um intermediário e executor entre o cliente e um programador.

A principal diferença entre os dois é que o desenvolvedor pensa no software, planeja sua criação, já o programador é que começa o trabalho.

Portanto, os profissionais desenvolvedores de sistemas ou softwares são essenciais na integração de soluções exigidas pela sociedade atual, ainda mais que tem um trabalho que envolve a resolução de problemas com praticidade e que impacta nas áreas do mercado de trabalho e na rotina das pessoas como um todo. 

Onde um desenvolvedor atua?

Por ser um mercado em expansão, o que não faltam são lugares procurando profissionais desenvolvedores. Por ser mais exigido em empresas de tecnologia, as startups são os locais que mais tem empregado esses profissionais, ou também agências de marketing. 

No entanto, qualquer empresa atual necessita de um desenvolvedor para operacionalizar seus sistemas e demais processos tecnológicos. Seja no setor privado ou público, a demanda por esse tipo de mão de obra é muito alta e frequentemente faltam profissionais para tantas vagas.

Uma boa oportunidade também é ser um desenvolvedor autônomo, pois você tem mais flexibilidade de ter mais oportunidades e gerenciar diversos clientes ao mesmo tempo, além de maior remuneração, como trabalhar remotamente para empresas estrangeiras. 

É bem comum grandes corporações contratarem mão-de-obra de outros países para desenvolver e gerenciar sistemas de forma remota ou presencial.

O Centro-Sul brasileiro é onde estão a maioria das vagas disponíveis para esse tipo de profissional. Assim, as principais áreas de atuação são:

  • Desenvolvimento Front-end: responsável pelo desenvolvimento da interface com o usuário, onde traduz o design de páginas em códigos que os navegadores interpretam e transformam em elementos de interação com as pessoas usuárias.

  • Desenvolvimento Back-end: responsável pelo desenvolvimento da estrutura interna de uma aplicação, dando funcionalidade aos recursos do site, de maneira que as pessoas usuárias possam enviar e receber as informações que desejam. 

  • Desenvolvimento Full-stack: aquele que trabalha tanto com o front-end quanto com o back-end. Portanto, envolve o fluxo completo da aplicação, desde a conexão com o banco de dados até a criação da interface gráfica.

  • Desenvolvimento Desktop: trabalha especificamente com softwares para computadores e notebooks. 

  • Desenvolvimento Web: aquele que cria aplicações para a web, como sites, blogs e lojas virtuais.

  • Desenvolvimento Mobile: quem cria aplicativos para dispositivos móveis, principalmente smartphones. 

  • Desenvolvimento de Jogos: desenvolve games para consoles, desktop, web e mobile, usando as linguagens específicas dessas plataformas.

Como se tornar um Dev?

Primeiramente é se especializar na área, seja com um curso superior, técnico ou tecnológico. Existem três cursos mais comuns que ajudam a aprender e desenvolver habilidades importantes para atuar nesse papel, são eles: Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Ciência da Computação e Engenharia da Computação.

Além disso, você pode seguir alguns passos. Confira 7 dicas que podem ajudar:

1. Pesquise sobre a Carreira de Desenvolvedor;

2. Escolha uma especialidade no Desenvolvimento de Sistemas ou Softwares;

3. Estude muito tecnologia;

4. Obtenha qualificações;

5. Faça um Bootcamp da área que mais goste;

7. Crie um Portfólio Online;

9. Pratique Networking.

Feito isso, você estará a um passo de se tornar um Dev de sucesso. 

Desenvolvimento web: TUDO o que você precisa saber!

Descubra as diferentes frentes do web development e como um profissional da área atua

Linguagens back-end: qual é a melhor opção para o seu projeto?

As linguagens back-end estão presentes em tudo que realizamos no meio digital e os profissionais que dominam essas...

Como usar Clean Code Java? Conheça 7 princípios do código limpo

Clean Code Java, ou Código Limpo, é uma filosofia de desenvolvimento de softwares. O objetivo dessa abordagem é...

Bootstrap: como usar e para o que serve esse framework?

Bootstrap é um framework front-end que tem como proposta oferecer estruturas de CSS para o desenvolvimento de sites...

Caractere Invisível: o que é e para que serve

Criar textos e legendas formatadas é um dos critérios para atrair pessoas e ter os melhores resultados. O...
spot_img

Linguagens back-end: qual é a melhor opção para o seu projeto?

As linguagens back-end estão presentes em tudo que realizamos no meio digital e os profissionais que dominam essas linguagens são altamente requisitados em todo...

Como usar Clean Code Java? Conheça 7 princípios do código limpo

Clean Code Java, ou Código Limpo, é uma filosofia de desenvolvimento de softwares. O objetivo dessa abordagem é melhorar a rotina dos profissionais que...

Bootstrap: como usar e para o que serve esse framework?

Bootstrap é um framework front-end que tem como proposta oferecer estruturas de CSS para o desenvolvimento de sites e aplicações responsivas com agilidade e...

Caractere Invisível: o que é e para que serve

Criar textos e legendas formatadas é um dos critérios para atrair pessoas e ter os melhores resultados. O uso do caractere invisível é uma...

Lazy Loading: como aumentar a velocidade do site?

Como o próprio nome já indica, Lazy Loading (carregamento preguiçoso, em português) se trata de uma técnica que otimiza a performance de aplicações. Ao...

O que é React? Conheça a famosa biblioteca JavaScript e saiba como trabalhar com ela

Saiba mais sobre a biblioteca JS e descubra por que ela é tão prestigiada no mercado da tecnologia da informação
spot_img