Conheça as 10 mulheres mais ricas do mundo em 2022

Segundo a revista Forbes, soma do patrimônio líquido das 10 mulheres é de US$ 1,56 trilhão

Em algum momento da vida – ou durante toda ela – o acúmulo de patrimônio se torna um objetivo. Há quem faça poupanças e investimentos, quem trabalhe incansavelmente e até quem simplesmente herde uma boa quantia de uma hora para outra. Nesse contexto, uma pequena parcela da população consegue acumular grandes e inimagináveis fortunas. É o caso das mulheres mais ricas do mundo.  

Você sabe quem são essas mulheres ou como conquistaram tanto dinheiro? No artigo abaixo listamos os 10 nomes mundiais que estão à frente de patrimônios milionários. Além disso, também contamos quem são as brasileiras que ocupam a posição de mais ricas do país.

Conheça as 10 mulheres mais ricas do mundo

Em um ranking publicado pela revista Forbes em abril de 2022, apenas 327 dos 2.668 bilionários do ano são do sexo feminino. Juntas, as mulheres mais ricas do mundo somam um patrimônio avaliado em US$ 1,56 trilhão. Veja quem são elas:

1. Françoise Bettencourt Meyers

Patrimônio líquido: US$ 74,8 bilhões

Origem da riqueza: L’Oréal

Das mulheres mais ricas do mundo, é a francesa Françoise Bettencourt Meyers que ocupa a primeira posição. É a segunda vez que a neta do fundador da L’Oréal lidera o ranking. A primeira vez foi em 2018, quando sua mãe, Liliane Bettencourt – e a mulher mais rica do mundo – faleceu.

Para quem não sabe, a empresa é uma das maiores do mundo no ramo da beleza. Só em 2021, ela totalizou 6 bilhões de euros em vendas.

2. Alice Walton

Patrimônio líquido: US$ 65,3 bilhões

Origem da riqueza: Walmart

Alice Walton é filha de Tom Walton, fundador do Walmart, uma das maiores redes varejistas do mundo. Aos 72 anos, ela acumula uma fortuna líquida avaliada em mais de 60 bilhões de dólares.

Ao lado de seus irmãos, Alice tem 50% de participação na empresa do pai (sendo frequentemente beneficiada pelas altas das ações). Além disso, ela também está à frente do museu de arte Crystal Bridges.

Em 2020, a americana há havia ocupado a posição de mulher mais rica do mundo. O título, porém, foi perdido graças à ascensão de Françoise.  

3. Julia Koch

Patrimônio líquido: US$ 60 bilhões

Origem da riqueza: Koch Industries

Considerada uma das maiores dos Estados Unidos, a Koch Industries é uma empresa privada de conglomerados. Ela foi fundada pelo empresário e filantropo David Koch e, desde a sua morte em 2019, Julia e seus filhos conquistaram uma participação de 42% na companhia.

4. MacKenzie Scott

Patrimônio líquido: US$ 43,6 bilhões

Origem da riqueza: Amazon

Certamente você já ouviu falar sobre a Amazon e seu fundador, Jeff Bezos. O que talvez não saiba é que ele já foi casado com MacKenzie Scott e que ela é considerada uma das responsáveis pelo sucesso dessa gigante do e-commerce.

Antes mesmo de acumular uma grande fortuna, MacKenzie já atuava em causas sociais. Hoje, é uma das maiores filantropas do mundo, tendo doado mais de US$ 12,5 bilhões para mais de 1.205 organizações nos últimos anos.

5. Jacqueline Mars

Patrimônio líquido: US$ 31,7 bilhões

Origem da riqueza: Mars Incorporated

A Mars Incorporated é um conglomerado americano que atua na área de doces e alimentos para pets. Entre os principais nomes associados a ele estão M&M’s e Pedigree.

E qual a relação de Jacqueline com o grupo? Ela é neta do fundador Frank Mars, além de também ter trabalhado na empresa por quase 20 anos.

6. Gina Rinehart

Patrimônio líquido: US$ 30,2 bilhões

Origem da riqueza: Hancock Prospecting Group

Embora sua fortuna seja resultado da herança deixada por seu pai, Lang Hancock, Gina tem grande participação na construção desse império.

Hancock era um explorador de minério de ferro e dono de uma empresa de mineração. Entretanto, os negócios não iam bem e foi Gina quem ajudou a reerguê-lo.

Atualmente, Gina Rinehart está à frente do grupo Hancock Prospecting como presidente.

7. Miriam Adelson

Patrimônio líquido: US$ 27,5 bilhões

Origem da riqueza: Las Vegas Sands Corporation

Miriam é uma médica israelense-americana conhecida pelo casamento com o magnata de cassinos Sheldon Adelson. Após o falecimento de Sheldon, em 2021, Miriam adquiriu quase 50% de participação na companhia, que recentemente decidiu atacar o mercado asiático.

8. Susanne Klatten

Patrimônio líquido: US$ 24,3 bilhões

Origem da riqueza: BMW e Altana

A fortuna de Susanne é resultante de sua atuação em duas empresas gigantes em seus ramos: a automobilística BMW e a química Altana.

Atualmente Susanne tem uma participação de cerca de 19% na montadora alemã, herdada de seus pais. Já na Altana, ela está à frente como proprietária.

9. Iris Fontbona

Patrimônio líquido: US$ 22,8 bilhões

Origem da riqueza: Antofagasta Plc e Quiñenco

Com 80 anos e uma fortuna avaliada em pouco mais de US$ 22 bilhões, a chilena Iris Fontbona é viúva de Andrónico Luksic. Luksic, que faleceu em 2005, é responsável pela construção de um império nas áreas de mineração e bebidas.

Atualmente, Iris tem participação majoritária no conglomerado chileno Quiñenco, com negócios nos setores de bebida, manufatura e bancário. Além disso, ela também possui minas de cobres no país por meio da Antofagasta Plc, companhia negociada na Bolsa de Valores londrina.

10. Abigail Johnson

Patrimônio líquido: US$ 21,2 bilhões

Origem da riqueza: Fidelity Investments

Abigail atua há mais de 30 anos na Fidelity Investments, empresa criada por seu avô em 1946. Em 2014, assumiu como CEO no lugar de seu pai e, desde 2016, também é a presidente.

Sua participação na companhia é estimada em 24,5%. Além disso, Abigail também é conhecida por ser a primeira mulher a compor o Financial Services Fórum e ser membro do conselho de administração da Associação dos Mercados Financeiros e do Mercado de Valores.

banner de ebook "finanças para casais"

E quais são as mulheres mais ricas do Brasil atualmente?

Depois de ver uma lista com tantos bilhões de dólares e um monte de nomes internacionais, você pode estar se perguntando onde estão as mulheres mais ricas do Brasil. Elas existem, só não com patrimônios líquidos tão grandes.

De acordo com o ranking de 2022 da Forbes, dos 62 brasileiros listados oito são mulheres. Juntas, elas somam uma fortuna avaliada em US$ 19,1 bilhões.

Veja quem são:

1. Lucia Maggi

Valor da fortuna: US$ 6,9 bilhões

Origem da fortuna: Amaggi

Lucia é cofundadora do Grupo André Maggi (Amaggi), produtor de soja e outros commodities. Hoje ela atua como membro consultivo do conselho de administração da companhia.

2. Maria Helena Moraes Scripilliti

Valor da fortuna: US$ 4,1 bilhões

Origem da fortuna: Grupo Votorantim

Filha do já falecido fundador do grupo Votorantim, Maria e sua família seguem no controle da companhia.

3. Dulce Pugliese de Godoy Bueno

Valor da fortuna: US$ 1,7 bilhões

Origem da fortuna: Amil e Dasa

Ao lado de seu ex (e falecido) marido Edson de Godoy Bueno, Dulce fundou a seguradora de saúde Amil. Mesmo após o divórcio, Dulce permaneceu com participações na empresa.

Atualmente, ela também detém uma participação de 48% na rede de laboratórios Dasa.

4. Ana Lucia de Mattos Barreto Villela

Valor da fortuna: US$ 1,6 bilhões

Origem da fortuna: Itaú e Duratex

A fortuna de Ana Lucia vem de família. Seu bisavô é fundador do banco Itaú. Hoje, ela tem 12% das ações ordinárias da instituição e 3% das preferenciais.

Já seu avô fundou a Duratex, empresa de madeira e louças em que ela tem participação como acionista.

5. Luiza Helena Trajano

Valor da fortuna: US$ 1,4 bilhões

Origem da fortuna: Magazine Luiza

A trajetória de Luiza na companhia é longa. Aos 18 anos, já dava seus primeiros passos como aprendiz para, em 1991, se tornar CEO.

Hoje, Luiza é presidente do conselho e possui pouco mais de 17% da companhia. Além disso, também é fundadora do grupo Mulheres do Brasil, ativista na defesa de causas como educação.

6. Neide Helena de Moraes

Valor da fortuna: US$ 1,3 bilhões

Origem da fortuna: Grupo Votorantim

Além de Maria Helena, Neide também tem sua fortuna atrelada ao grupo Votorantim. Ela é neta do fundador e tem 8% de participação na companhia.

7. Anne Werninghaus

Valor da fortuna: US$ 1,1 bilhão

Origem da fortuna: WEG

A WEG é a maior fabricante de motores elétricos da América Latina e a Anne é sua maior acionista individual.

8. Vera Rechulski Santo Domingo

Valor da fortuna: US$ 1 bilhão

Origem da fortuna: Santo Domingo

Vera é viúva de Julio Mario Santo Domingo Jr., filho do barão da cerveja colombiana de mesmo nome. Com a morte do esposo, Vera hoje controla cerca de 11% da holding da família.

Qual a diferença de riqueza da mulher e do homem mais rico do mundo?

Em levantamento também divulgado pela revista Forbes, o homem mais rico do mundo em 2022 é o empresário Elon Musk. Seu patrimônio é estimado em US$ 219 bilhões e, entre seus investimentos, listam-se as companhias Tesla e SpaceX.

Considerando que a fortuna da mulher mais rica do mundo, Françoise Bettencourt Meyers é de US$ 74,8 bilhões, é possível dizer que a diferença de riqueza entre eles é de US$ 144,2 bilhões.

Como as mulheres podem construir mais riqueza?

Se você não tem nem chances de se tornar uma das mulheres mais ricas do mundo como herdeira, saiba que é completamente possível construir um patrimônio do zero. Para isso é preciso, é claro, de esforço e dedicação.

Um dos pilares fundamentais nesse processo é o estudo. E a XP Educação entende do assunto. No MBA de Gestão Exponencial, por exemplo, você aprende técnicas e habilidades para se tornar um líder de negócios. Para ver mais informações sobre esse curso, clique aqui.

Continue Aprendendo

spot_img