O que é OKRs? Aprenda e conheça 3 exemplos de OKRs para TI

Conheça sobre a metodologia ágil sucesso nas empresas e exemplos de OKR para TI

Precisa de exemplos de OKR para TI? Você está no lugar certo!

Mas, antes, é importante entender que esse método serve para que empresas realizem a definição de objetivos e posteriormente, consigam determinar quais serão os processos realizados para que a meta seja batida.

Quando o OKR em si, foi criado? A introdução foi feita na década de 70, pela primeira vez por Andrew Grove, na época cofundador da Intel e ex-CEO. O especialista queria manter a empresa com foco nos resultados, sendo a técnica um aprimoramento do modelo de gestão por objetivos.

Foi John Doerr, um capitalista de risco que trabalhou na Intel (sob a liderança de Grove), que apresentou os OKRs ao Google.

Que aprender mais sobre OKR, e como aplicar essa estratégia ao setor de TI? Continue esta leitura!

O que é OKR

OKR é o acrônimo de Objectives and Key-results, em português, objetivos e resultados-chave. Trata-se de um método muito utilizado para definir objetivos e mensurar resultados (atingidos ou não) de um projeto e até da empresa no geral.

Ele é um modelo de gestão ágil que simplifica a visualização das metas e em um negócio torna os colaboradores entrosados no proposito em comum. A sistemática é importante também na questão de alinhamento de expectativa de todos — líder e liderados.

Para que serve a metodologia OKR?

Em síntese, ela serve para estabelecer um sistema quantitativo que determine o alcance ou não de um objetivo inicialmente estabelecido, em que percentual ele foi alcançado, e redefinir a estratégia a ser seguida para alcançá-lo em novas iterações.

A metodologia OKR aplicada para Tecnologia da Informação serve para desenvolvimento de soluções para diversos outros setores de uma marca, por exemplo, conforme o escopo tático.

O modelo pode ser aplicado aos níveis corporativo e/ou pessoal.

Como usar a metodologia OKR?

Antes de começar com, é essencial que você, sua equipe ou empresa tenha bem definido o PORQUÊ. A importância de estabelecer o porquê é criar um senso de propósito que inspire as pessoas a agir.  

A equipe de gerenciamento estabelece os OKRs estratégicos e, em seguida, eles são apresentados a todos os funcionários, para que os mesmos possam escrever seus OKRs táticos.

Cada colaborador deve responder a duas perguntas: como podemos contribuir e quais dos principais resultados incluídos nos objetivos estratégicos podemos impactar.

Para garantir a transparência no processo, todos os OKRs devem ser publicados e devem estar prontamente disponíveis para todos na organização.

Na prática …

Indique os objetivos que serão qualitativos servindo para alinhar a estratégia pretendida.

Por exemplo: Vender mais serviços de instalação de softwares

Os resultados-chave serão os detalhes quantitativos, as metas em números e de forma clara. Veja no exemplo abaixo a continuação:

  • Aumentar número de postagens em blogs e redes sociais ao triplo;
  • Investir R$ 800 em tráfego pago com cupons de desconto de até 30%;
  • Fazer 3 ações com influenciadores tech de determinada região.

Exemplos de OKR para TI

A TI, Tecnologia da Informação, em uma corporação é um dos setores mais dinâmicos e com maior potencial para inovação. São sistemas e funcionalidades diversas implementadas com frequência para um negócio rodar, além das atualizações necessárias.

Conheça alguns exemplos de OKR para TI logo abaixo.

Exemplo OKR TI #1

🎯 Objetivo → lançar um aplicativo mobile

Resultados-chave:

  • Mapear sobre os possíveis 5 elementos principais;
  • Designar o público-alvo em até 20 dias;
  • Realização de 3 testes;
  • Correção de 3 bugs, se houver;
  • Divulgação para base de 1.000 clientes.

Exemplo OKR TI #2

🎯 Objetivo → reciclagem e manter cultura de inovação entre colaboradores

Resultados-chave: 

  • Esquematizar uma solução de TI por ano;
  • Oferecer 2 melhorias de funcionalidades para outras áreas;
  • Realizar treinamento e oferecer 5 bolsas de certificação;
  • Participação de 2 eventos na área.

Exemplo OKR TI #3

🎯 Objetivo → diminuição da fila de chamados no Service Desk

Resultados-chave: 

  • Checagem dos 5 incidentes mais comuns e atuação reforçada para correção;
  • Otimização de tempo dos atendimentos diários para até 10 minutos;
  • Atendimento por 3 múltiplos canais.
(Fonte: Getty Images)

Como definir OKRs?

Os resultados-chave devem ser mensuráveis ​​e com prazo determinado. Algumas empresas têm resultados-chave para cada mês, outras por trimestre, enquanto o restante define resultados anuais.

Qual ritmo é o melhor?

Longo prazo: geralmente usados ​​para o negócio na totalidade e trabalhados anualmente.

Curto prazo: geralmente usados ​​para equipes e medidos trimestralmente.

Definição percentual

A filosofia tem uma perspectiva de baixo para cima. Isso significa que as equipes de trabalho têm um papel ativo na criação de OKRs de departamento. Assim, os objetivos são definidos de forma mais coletiva, aproveitando a experiência e o conhecimento de todos os integrantes para promover o crescimento da empresa.

Como resultado, cerca de 60% dos OKRs são definidos por equipes e 40% por líderes e gestores.

Importância

Um provérbio japonês diz: “Visão sem ação é um devaneio. Ação sem visão é um pesadelo”.

Em outras palavras, sem um objetivo claro à vista, você estará sempre andando no escuro, sem saber para onde está indo, se está no caminho certo para chegar lá ou se sequer chegou.

Muitas organizações praticam um sistema de definição de metas de cima para baixo e, assim, acabam ficando presas na fase de descobrir quais metas definir em vez de avançar para alcançá-las. Ou ainda, espalham suas metas por todo o lugar, perdendo de vista o que é realmente importante e desperdiçando tempo, dinheiro e energia com objetivos pouco claros ou objetivos que nem valem a pena perseguir.

<Para ler depois: o que são startups e casos de sucesso />

Principais vantagens do OKR

Há muitos benefícios ao aplicá-lo:

  • Metas compartilhadas com todos os envolvidos;
  • Clareza e alinhamento na organização;
  • Conecta todos aos objetivos do negócio;
  • Aumenta o desempenho;
  • Aumenta o engajamento entre os pares;
  • Identificação de dependências funcionais nas equipes;
  • Gera melhores resultados e muito outros fatores benéficos.

Evite erros de OKRs ⚠

Separamos ainda algumas dicas de cuidado para você como profissional ou gestor:

  • Não crie objetivos inatingíveis;
  • Esquecer de designar um responsável direto;
  • Definir objetivos de cima para baixo;
  • Criar OKRs com linguagem vaga;
  • Não acompanhar o progresso das demandas;
  • Não fazer realinhamentos quando necessário;
  • Usar metas de OKR como se fossem tarefas;
  • Ter muitos objetivos;
  • Má alocação de recursos e pessoas nos fluxos operacionais.

<Leia também: tudo que você precisa saber sobre gestão de risco de TI />

Então, como fazer?

A definição de metas de OKR, quando feita corretamente, consegue ajudar você ou uma organização a obter resultados notáveis. Embora a fase introdutória possa ter alguns pequenos desgastes, quaisquer problemas serão fáceis de detectar e corrigir posteriormente.

Aliás, à medida que você desenvolve um ritmo com sua prática, você começará a ver o quão poderosa é essa metodologia de definição de metas, bem como todas as maneiras pelas quais ela pode ajudar a empresa a crescer e melhorar.

Indicação de leituras

Deixamos a recomendação de alguns livros abaixo para você se envolver muito mais sobre o assunto.

(Fonte: Comunicação Integrada)

Por que metodologias de gestão são tão importantes?

Independente da estrutura organizacional, atividade e alcance (nacional, regional ou local), ter uma metodologia de gestão auxilia na estabilização das operações e a manter a “casa em ordem”.

É necessário ter um controle de todos os setores, profissionais e fluxos. E quando há uma estratégia administrativa eficiente grandes resultados são alcançados.

Sobre os OKRs, eles por décadas, provaram ser uma ferramenta poderosa e confiável que ajuda as empresas a atingir suas metas de longo prazo. Inclusive grandes empresas utilizam: Google, Twitter, LinkedIn e Spotify.

Existem outras metodologias: PDCA (planejar, executar, controlar e agir), Balance Scorecard – BSC, Gerenciamento pelas Diretrizes – GPD, Scrum e mais.


Que tal se aprofundar na área? Faça o MBA em Inovação e Transformação Digital e seja requisitado no mercado de trabalho!

Você irá aprender sobre conceitos, práticas, tecnologias emergentes e as mudanças culturais, de negócio, de processos e de soluções que elas habilitam!

Conheça também a assinatura Multi Mais e tenha acesso imediato aos cursos e bootcamps oferecidos pela XP Educação!

São assuntos focados no que você realmente precisa aprender e desenvolver! Você poderá estudar onde e quando quiser!

spot_img

Continue Aprendendo

spot_img