Como investir 500 reais na bolsa de valores? 3 opções para aplicar!

Muitos investidores acreditam que não podem começar a aplicar na renda variável porque não possuem dinheiro suficiente. Pensando nisso, será que tem como investir 500 reais na bolsa de valores, por exemplo?

Sim! Isso mostra que, talvez, o sonho de aplicar na bolsa não esteja tão longe quanto você pensava. 

Até mesmo por esse ser um tipo de aplicação que gera insegurança, fazer pequenos investimentos na bolsa de valores é uma boa alternativa para que você ganhe mais confiança no que está fazendo.

A cada ano que passa, é possível observar o aumento do número de brasileiros que investem na bolsa, sendo que em 2022 estamos rumo a 5 milhões de investidores. Além disso, este mesmo artigo mostra que as pessoas estão começando a investir cada vez mais cedo.

Então, faz sentido pensar que esse aumento se deve ao compartilhamento de conhecimentos sobre educação financeira, principalmente entre os jovens. E isso reflete a evolução do mercado de ações brasileiro nos últimos anos.

Quer saber como investir na bolsa com pouco dinheiro? Temos um conteúdo completo falando sobre as melhores opções e dicas para o pequeno investidor. Boa leitura!

É possível investir na bolsa com pouco dinheiro?

Ao contrário do que muitos acreditam, não existe um valor mínimo para começar a investir na bolsa. Ou seja, é possível realizar esse tipo de operação até mesmo com menos de R$ 500, se essa for a sua disponibilidade.

Entender isso é fundamental para que as pessoas vejam que não precisam limitar seus investimentos à renda fixa quando não possuem grandes montantes em sua conta. 

Pelo contrário, essa é uma oportunidade para aumentar o seu patrimônio – desde que você tenha os cuidados necessários. Afinal, não existe uma fórmula mágica para investir na bolsa e ter uma boa lucratividade. 

Exatamente por esse motivo, devemos lembrar que esse tipo de aplicação é mais indicado para o investidor que possui o perfil arrojado, pois precisa ter boa tolerância a riscos.

Mas, como podemos imaginar, quanto mais riscos, maiores são as chances de ter uma boa rentabilidade. 

Entretanto, investir na bolsa não é um jogo de sorte. É necessário ter bons conhecimentos, saber analisar dados e ter inteligência emocional para entender como cuidar do seu dinheiro, mesmo que seja pouco.

Até mesmo porque se você quer aprender como investir 500 reais na bolsa de valores é porque espera que esse valor se multiplique, não é mesmo? Então, agora que você já sabe que isso é possível, quais as melhores opções?

Muitos estão interessados em investir em ações com pouco dinheiro, mas para além dessa alternativa, existem outras na renda variável que podem valer a pena. Confira quais são elas.

Como investir 500 reais na bolsa de valores? 3 opções

Ações

O capital de uma empresa é dividido em centenas ou até mesmo em milhares de pequenas partes. Cada uma dessas partes é uma ação

Ou seja, quando investimos nesse ativo, estamos comprando frações do capital de uma organização, o que nos torna um acionista dessa companhia. 

Isso significa que ao comprar esses papéis no mercado, o investidor passa a ter direito sobre os resultados dos negócios por meio dos ativos e de resultados financeiros (sejam eles positivos ou negativos).

Essa é uma boa oportunidade para entender como investir 500 reais na bolsa de valores. Isso porque, na verdade, é possível encontrar ações a partir de R$ 1. Mas para escolher a melhor opção, é importante estudar a ação e a empresa que você quer comprar.

E, para tomar boas decisões, vale a pena conferir como se formam os preços dos ativos. Temos um e-book explicando mais sobre o assunto. Nele, você verá:

  • movimentações dos preços (oferta e demanda);
  • assimetria de informações;
  • conceitos de volatilidade e liquidez;

E mais! Baixe gratuitamente agora mesmo.

Quer saber mais sobre como funcionam as ações? Confira um vídeo de Clara Sodré, especialista em investimentos e professora da Xpeed. Aperte o play!

Fundos de investimento

O fundo de investimento nada mais é que um tipo de aplicação financeira em que um ou mais investidores (cotistas) agrupam seus recursos para realizar aplicações em ativos.

Basicamente, funciona como um condomínio, em que cada integrante adquire uma cota (o equivalente a um apartamento), paga uma mensalidade para a administração e segue algumas regras.

Essa é uma boa oportunidade para o pequeno investidor na bolsa de valores porque para aplicar em um bom fundo de investimento, você precisa de quantias mínimas mais baixas do que as usuais – que começam em R$ 100.

Este tipo de investimento oferece uma segurança a mais por conta da figura do gestor, que é quem administra quais são as aplicações mais vantajosas e quando entrar ou sair. Assim, você não precisa se preocupar com essas questões – mas, para isso, é necessário pagar dois tipos de taxa:

  • de administração;
  • de performance (que nem todos cobram).

Mercado futuro

O mercado futuro de ações é um acordo de negociação de determinado ativo em que se fixa um valor no presente para liquidá-lo no futuro. Neste caso, aumentam-se as expectativas sobre o preço de um papel em data predeterminada. 

O lado positivo é que o investidor não precisa comprar a ação propriamente dita. 

Isso porque o interesse é apenas sobre a expectativa do preço do papel, portanto, o investidor dispõe de uma garantia para realizar a operação. Como, por exemplo, outros tipos de contratos, CDB ou outros ativos.

Este é um investimento que requer um pouco mais de experiência e conhecimento.

>>> Para entender um pouco mais, aproveite para ler: Saiba como investir no mercado futuro e adquirir renda no tempo certo

5 dicas para o pequeno investidor na bolsa de valores

1. Tenha um bom planejamento financeiro

Se você quer saber como investir 500 reais na bolsa de valores então, provavelmente, já entende a importância do planejamento financeiro. Ainda assim, vale a pena ressaltar alguns pontos.

Basicamente, este é um conjunto de medidas que te ajudam a definir uma estratégia. Assim, seu objetivo é facilitar a realização dos objetivos com tranquilidade, levando em consideração o perfil e características individuais.

Pensando nisso, é fundamental ter uma reserva de emergência antes de começar a investir em ações com pouco dinheiro. Essa é uma segurança a mais que você terá, uma vez que o risco será maior.

2. Escolha uma boa corretora

Antes de comprar qualquer ação, você precisará de um intermediador para ter acesso às negociações online. Esta intermediação é feita por meio das corretoras de valores.

Uma boa dica para o pequeno investidor na bolsa de valores é escolher uma instituição confiável e que te dê todo suporte, como a Rico, a XP Investimentos ou a Clear. 

Na Rico, por exemplo, a abertura de conta é totalmente grátis e rápida. Ou seja, no mesmo dia, você já pode começar.

>>> Quer saber mais sobre como encontrar a ideal para você? Melhor corretora para iniciantes e pequenos investidores: como escolher a sua?

3. Não aja por impulso

Não tem como investir 500 reais ou qualquer outro valor na bolsa de valores sem destacar essa dica. Um bom investidor tem inteligência emocional. Isso é fundamental para o sucesso das aplicações.

O que isso significa? Como falamos, investir em ações não é um jogo de sorte. É necessário estudo e análises para entender as melhores opções de acordo com os seus objetivos. 

4. Diversifique sua carteira

Quer ter mais segurança, mesmo com pequenos investimentos na bolsa de valores? Diversifique sua carteira. Ou seja, ao invés de aplicar todo seu dinheiro em apenas uma empresa, opte por ações de diferentes segmentos, mesmo que com aportes menores.

Quer saber mais sobre essa questão? Como diversificar meus investimentos da melhor forma | Investimento às Claras

5. Estude sempre!

Investir na bolsa de valores é o sonho de muitos investidores iniciantes, mesmo que com pouco dinheiro. Mas isso requer um bom conhecimento por conta dos detalhes que envolvem o processo de negociação. 

Pensando em tudo isso, aqui na Xpeed você pode aprender mais e tirar suas dúvidas sobre variados tipos de investimento por meio de artigos e vídeos para continuar aprofundando os seus conhecimentos.

Além disso, pode aproveitar para conhecer a lógica por trás da bolsa e dominar técnicas e ferramentas para operá-la com nosso curso: Aprenda a investir na bolsa de valores. Nele, você irá aprender mais sobre:

  • conceitos básicos para começar a investir em ações;
  • conhecendo a bolsa de valores e as escolas de análises;
  • investindo em ações na prática e muito mais.

Aproveite a oportunidade e saiba como identificar boas oportunidades de investimento!

spot_img

Continue Aprendendo

spot_img