Banda de Bollinger: como usar essa ferramenta nos seus investimentos?

Banda de Bollinger, como usar isso? Antes de mais nada, essa é uma ferramenta muito utilizada por investidores da bolsa de valores, pois pode ajudar nas especulações.

Isso é, em tentar prever o comportamento futuro de algum ativo de acordo com os dados de períodos de tempo anteriores. Portanto, ela pode ser útil e possibilitar um maior rendimento.

Mas para que isso ocorra, é preciso saber usá-la e nós vamos te ajudar com isso. Neste artigo, explicamos para você o que é essa ferramenta, como usá-la e ainda qual é a fórmula utilizada para fazer o cálculo e as vantagens de aplicá-la nas suas negociações. Não perca tempo e confira!

O que é a banda de Bollinger?

O que é banda de Bollinger costuma ser uma dúvida comum, especialmente entre as pessoas que estão começando a estudar agora sobre investimentos.

Porém, essa é uma ferramenta muito útil para quem faz negociações financeiras na bolsa de valores e vale a pena conhecê-la.

Basicamente, a banda de Bollinger (chamada em inglês de Bollinger Bands) é uma ferramenta utilizada como indicador financeiro. Trata-se de uma métrica que ajuda a medir a saúde financeira de uma empresa que comercializa seus ativos na bolsa.

Esse conceito foi criado pelo analista técnico John Bollinger, de quem ganhou o nome, na década de 80 e ganhou bastante popularidade entre os investidores que trabalham com especulação. Ou seja, que tentam prever o comportamento do mercado para servir de guia para as suas negociações.

>>> Ainda não entendeu bem o que é a Banda de Bollinger? Confira nosso conteúdo “O que é banda de Bollinger?”

Banda de Bollinger: como usá-la?

Você descobriu o que é a banda de Bollinger, mas como usá-la nas operações financeiras? Porque sim, você pode e ela oferece uma boa visualização da situação do mercado.

O primeiro passo é estudar sobre a ferramenta. Pois é e isso porque você saber ler o gráfico para fazer uma análise confiável e assim, aumentar as chances de realizar uma previsão mais certeira.

O segundo ponto para usá-la é ficar bem atento aos sinais de topo e fundo dos ativos. Eles são os maiores e os menos preços atingidos no período de tempo verificado, respectivamente.

São esses dados que costumam ser indicadores de tendências. Só para exemplificar para você, quando uma banda de Bollinger ultrapassa o fundo, isso pode servir como indicação de que os preços poderão subir no futuro.

O mesmo acontece quando ela ultrapassa o topo, com os valores tendendo a diminuir, pois perdem força de crescimento.

Mas a ferramenta é melhor quando usada em conjunto com outros indicadores financeiros, como o faturamento da empresa ou a rentabilidade dela em relação ao investimento, o ROI.

Isso proporciona mais segurança e reduz um pouco a margem de erros nas especulações.

Como a banda de Bollinger funciona? 

A banda de Bollinger funciona usando um gráfico composto por três linhas. A do meio representa a média móvel, que é utilizada como análise técnica para estudar as variações do preço de um ativo em um determinado período de tempo.

As linhas superiores e inferiores – também chamadas de banda superior e inferior, respectivamente –, por sua vez, são o que é chamado de desvio padrão. Isso é, o quanto de variação eles sofreram.

banda de Bollinger como usar
Reprodução/ InfoMoney

Mas como eu vejo o desvio padrão? Bom, para descobrir isso você pode usar a fórmula: DP = √ (∑ x (xi – xm)² / n). Na qual:

  • DP é o desvio padrão;
  • ∑ é a soma dos elementos, ou seja, das médias móveis;
  • xi é o valor individual;
  • xm é a média aritmética;
  • n é a quantidade de elementos.

Não precisa ficar desesperado com isso. Atualmente é possível encontrar aplicativos para celular e sites variados que fazem esse cálculo a partir das informações fornecidas de maneira fácil e rápida. Porém, é importante saber como ele é.

Dito isso, quanto maior for a diferença entre duas médias móveis, maior é considerado o desvio padrão. Isso porque a ferramenta mostra que houve uma variação grande dos valores. Portanto, maior é a volatilidade.

Como calcular a banda de Bollinger?

Pode parecer bastante complicado até agora, não é? Mas o cálculo da banda de Bollinger é até bem simples. O ponto que precisa de mais atenção é aprender a ler o gráfico corretamente.

Dito isso, o cálculo segue a seguinte fórmula:

  • Banda Superior é igual a média móvel simples de 20 dias mais duas vezes o desvio padrão do período;
  • Já a Banda Inferior é igual a média móvel simples de 20 dias menos duas vezes o desvio padrão do período.

Ao ser colocado no gráfico, os resultados exibem qual foi a volatilidade. A partir daí é possível avaliar as possíveis tendências.

Aprenda mais sobre volatilidade apertando o play no vídeo a seguir!

Quais as vantagens da banda de Bollinger?

Entre as vantagens de utilizar a banda de Bollinger em operações financeiras está a possibilidade de analisar e, assim, entender melhor o comportamento dos preços dos ativos no mercado.

Eles estão caindo, subindo ou se mantendo estáveis? Qual a volatilidade do mercado para os títulos de determinada empresa? Isso pode parecer pouco, mas é algo bem importante para saber ao investir na bolsa de valores.

Outra vantagem é a possibilidade de conseguir antecipar as tendências do mercado e, assim, montar estratégias voltadas para lucrar com elas.

Por exemplo, uma análise da banda de Bollinger indica uma tendência de alta nos preços de um determinado ativo, que no momento está em baixa. Sabendo disso, o investidor pode se arriscar e comprá-los, para vendê-los quando eles atingirem preços mais altos. Com isso, ele obtém lucro.

Por fim, essa ferramenta também é útil para estudar e entender como o mercado financeiro funciona. Isso, ao analisar as mudanças naturais do mesmo.

Agora que você viu como usar a banda de Bollinger, que tal fazer o curso Aprenda a investir na bolsa, da nossa Escola de Investimentos? Nele você vai aprender tudo o que precisa saber antes de investir nesse setor, como montar e diversificar a sua carteira, além de muitas outras coisas.

spot_img

Continue Aprendendo

spot_img