Como funciona o lucro das ações? Invista com expertise

O ser humano é um animal ansioso por natureza, já que este sentimento é um instinto de sobrevivência que herdamos com o passar dos séculos. Entretanto, este é um dos grandes motivos que impedem que investidores mais conservadores apliquem seu dinheiro na bolsa de valores. Neste momento, a pergunta que fica é: como funciona o lucro das ações?

Essa pergunta pode tirar o sono de muitos investidores iniciantes. O nome “renda variável” exerce uma ansiedade nas pessoas, pois não é possível saber qual será o lucro do investimento, ou, na pior das hipóteses, quanto dinheiro perderemos com esta aplicação. 

Mas, o mundo das ações pode, sim, ser muito lucrativo! Existem empresas bilionárias no mercado e muitas promessas em pleno processo de ascensão. 

Por isso, ao longo deste artigo, vamos comentar sobre quanto uma ação rende e dar algumas dicas sobre investimentos na renda variável. Por isso, vamos abordar sobre:

  • o que são ações;
  • como investir em ações;
  • como funciona o lucro das ações;
  • como calcular Lucro por Ação (LPA);
  • qual o lucro da bolsa de valores.

Continue com a gente para saber mais sobre como a renda variável pode ser lucrativa de acordo com seus planos! 

O que são ações?

Que elas são as estrelinhas da renda variável, todo mundo sabe! Mas você compreende, de fato, o que são as ações

Quando uma empresa abre seu capital na bolsa de valores, ela permite que investidores de todo o mundo comprem uma fração da companhia. Ou seja, instaura-se uma sociedade. Portanto, cada ação é um pedacinho da empresa e cada acionista torna-se um sócio deste negócio. 

Como investir em ações?

Para comprar uma ação você precisa, antes de tudo, abrir uma conta em uma ou mais corretoras de valores. Você deve conhecer a XP, a Rico e a Clear: esses são alguns exemplos de instituições cadastradas na Comissão de Valores Mobiliários (CVM). 

 

>>> Saiba mais em:

 

Mas qual a importância da CVM? Oras, ela é a instituição responsável por fiscalizar a atuação do mercado financeiro. Portanto, se uma corretora não estiver cadastrada na Comissão, você pode estar caindo em um golpe. 

Como funciona o lucro das ações?

Como dito anteriormente, a renda variável pode gerar receio por não sabermos quanto dinheiro teremos no futuro. Entretanto, nós sabemos que as ações são investimentos lucrativos e que muitas pessoas enriqueceram ou conquistaram  sua independência financeira por meio da bolsa. 

Portanto, para compreender como funciona o lucro das ações e quanto uma ação rende, nós precisamos, primeiramente, o que causa as variações dos ativos da bolsa.

O que causa as variações das ações?

Podemos dizer que as ações variam, basicamente, por conta da famosa “oferta e demanda”. Como tudo o que existe no mercado, quando tem muita gente procurando um produto, ele tende a ficar mais caro. Por outro lado, quando existem mais pessoas tentando vender este objeto, seu preço pode cair drasticamente. 

Este é, basicamente, o resumo da renda variável. Todos os dias, os preços das ações oscilam durante a abertura do pregão. Mas existem outros fatores externos que também auxiliam na mudança de preços. A pandemia de COVID-119, por exemplo, foi um dos fatores de volatilidade da bolsa. 

No início da pandemia no Brasil, em 23 de março de 2020, o Índice Bovespa, responsável por calcular a média de desenvolvimento das ações da Bolsa de Valores do Brasil, B3, chegou a expressivos 63,5 mil pontos. Esta foi a pior cotação desde 2017.

Já em dezembro de 2021, quase dois anos depois do começo da pandemia, o Ibovespa bateu 107 mil pontos, cerca de 68% a mais do que a queda em 2020. Este é o mesmo índice que o Índice marcou no final de fevereiro de 2020. 

Portanto, fica claro que crises políticas e sanitárias podem despencar o valor de uma ação. Mas os problemas internos das empresas também podem ser prejudiciais para seus ativos: depois do desastre de Brumadinho, as ações da Vale despencaram em 20%

Como lucrar com a bolsa?

Primeiramente, você precisa saber o que deseja com esta ação. Existem dois jeitos de lucrar com as ações: pelos dividendos e pela valorização dos ativos. 

Quando investimos pelos dividendos, recebemos uma parcela dos lucros da empresa. Esse pagamento pode ser mensal, trimestral, semestral ou, até mesmo, anual. Os dividendos funcionam como se fossem bonificações que o acionista recebe pelo seu papel na empresa. 

Por outro lado, existem pessoas que investem pela valorização das ações. Ou seja, desejam comprar um ativo quando está barato e vendê-lo em momentos de alta. Neste caso, o lucro vem na diferença do valor de compra e venda.

Essa técnica acima é muito usada pelos praticantes do Day Trade, que compram e vendem ações seguindo suas variações durante o dia. Se o trader comprou uma ação valendo R$42 e vendeu a mesma por R$47, ele teve uma valorização de quase 12%. 

Como funciona o rendimento da ação?

Acima, você pode ter percebido o rendimento de uma ação. Aqueles 12% a mais que o investidor ganhou vieram de lucro. Mas, você sabia que existem alguns tipos de rendimento? São elas: 

  • rentabilidade real. Aqui, nós descartamos a inflação do período analisado. Ou seja, se compramos uma ação por R$100 e vendemos por R$200, mas a inflação foi de 8% ao ano, a nossa rentabilidade real foi de R$92. 
  • rentabilidade nominal. Aqui, a inflação não é considerada. No mesmo exemplo acima, a rentabilidade nominal seria de R$100.  

Como calcular Lucro por Ação?

Chegou a hora de comentar sobre o Lucro por Ação (LPA). Este indicador é muito utilizado na hora do investidor comprar uma ação esperando sua valorização. Afinal de contas, ele é o responsável por mostrar se a empresa é lucrativa. 

O lucro por ativo é calculado pela divisão entre o lucro líquido de uma empresa e o número das ações no mercado. Ou seja, se um negócio gerou lucro de R$100 milhões e tem 8 milhões de ativos na bolsa, temos o LPA de 12,5. 

O LPA é um indicador que pode ser usado quando precisamos comparar ações de mais empresas. Nesta comparação, quanto maior o LPA, melhor. 

Mas, cuidado. O LPA não deve ser o único indicador a ser analisado. Por isso, recomendamos você a estudar sobre o mercado de ações. Na Xpeed School, você encontra cursos com professores especialistas no assunto. Confira a nossa Escola de Investimentos

Qual o lucro da Bolsa de Valores?

Você sabe qual o lucro da Bolsa de Valores? Ou seja, qual é o lucro das empresas que possuem o capital aberto na B3? Então, vamos analisar um gráfico?

Gráfico do crescimento do rendimento da B3
Fonte: Economatica

Este gráfico foi feito pelo Economatica e mostra a evolução do capital da Bolsa entre 2012 e 2021. Em setembro de 2021, todas as empresas da B3 valiam, juntas, R$4,9 bilhões. Este valor no mesmo mês de 2012 era menor do que R$2,5 trilhões. 

Renda variável: estudo e valorização

Chegamos ao final do texto. Como você deve ter percebido, podemos, sim, ter lucro na bolsa de valores. Entretanto, para isso, precisamos aprender um pouco mais sobre o mercado de ações e sobre nós mesmos. 

Por isso, antes de investir em ações, siga este passo a passo: 

  • abra uma conta em uma corretora de valores confiável;
  • conheça o seu tipo de investidor;
  • estabeleça uma meta para cada investimento;
  • crie uma data limite para cada aplicação;
  • esteja sempre informado sobre o mercado de ações;
  • procure aprender sobre outros assuntos do mundo dos investimentos. 

Para cada uma dessas metas, a Xpeed pode lhe ajudar! Estamos aqui para ajudar você a sair do vermelho e alcançar a sua independência financeira! Por isso, clique no banner abaixo e aprenda a como começar a investir na Bolsa! 

Imagem da campanha de um curso online sobre "Começar a Investir na Bolsa de Valores" da Xpeed School.

spot_img

Continue Aprendendo

spot_img