Criptomoedas promissoras para acompanhar e comprar em 2023

Comece a planejar seus investimentos futuros entendendo quais são as criptomoedas mais promissoras para ficar de olho!

Não é segredo para ninguém que os criptoativos estão em alta no mercado. Embora a sua variação de preço oscile bastante, eles têm se mostrado cada vez mais atrativos para quem busca valorização rápida. Mas quais são as criptomoedas promissoras?

Desde que seja feito de forma correta, a aplicação em ativos digitais vale a pena. Na verdade, muitas variáveis devem ser consideradas, assim como em diversos outros tipos de investimento. 

Antes de pensar nas criptomoedas mais promissoras, é preciso muito estudo, avaliar tendências e ter um objetivo bem definido. 

Segundo o InfoMoney, desde o surgimento do Bitcoin em 2008, são lançadas, em média, quatro novas criptomoedas por dia. Mas, entre tokens sérios e os shitcoins (gíria para indicar moedas inúteis), é necessário ter atenção para investir de forma assertiva.

Por isso, neste texto separamos os principais ativos desse mercado e as novas criptomoedas para ficar de olho em 2023

Boa leitura!   

Quais as criptomoedas mais promissoras? Top 5 

Por meio da ferramenta do InfoMoney, você pode ver a cotação das criptomoedas em 19 de setembro de 2022. Neste comparativo, elas estão ordenadas por: 

  • valor de mercado;
  • preço;
  • volume de negociações;
  • variação nas últimas 24 horas.

Com base nisso, chegou a hora de conferir as cinco melhores criptomoedas para investir hoje:

Fonte: InfoMoney

Veja agora, em detalhes, as criptomoedas mais valorizadas do mercado.

1. Bitcoin

A criptomoeda mais valiosa do mundo não poderia ficar de fora da lista. Por ocupar esse posto, o Bitcoin dificilmente perderá sua liderança nesse mercado. Portanto, esse é um ativo para ficar de olho e não deixar de fora da carteira. 

A expectativa era que a moeda digital mais promissora atingisse, pelo menos, US$ 100 mil em 2022. No cenário mais esperançoso, a estimativa era de até US$ 245 mil.

Contudo, o que se observou no último semestre foi uma queda brusca em todos os criptoativos, fazendo com que o Bitcoin alcançasse o período de maior baixa em junho, chegando a US$ 35 mil

Apesar disso, nos últimos meses os resultados já têm se mostrado mais otimistas e o Bitcoin com certeza não poderia ficar fora da lista das melhores criptomoedas.

2. ETH (Ethereum)

Considerada a segunda maior criptomoeda do mercado, o ETH é negociado dentro da plataforma Ethereum.

Nela, é possível realizar aplicações que só são possíveis por meio da moeda ETH. E isso é permitido para qualquer pessoa, desde que ela utilize a tecnologia de blockchain

Um dos principais diferenciais é que ela executa as transações de forma muito mais rápida que o Bitcoin. Com isso, precisa apenas de alguns segundos, e não de minutos, para confirmar as movimentações.

Em 2021, esse criptoativo valorizou mais de 500%. Já em 2022, por conta de uma atualização que ocorreu no início de setembro, o ativo teve uma valorização que já passa de 40% em relação ao BTC.

< Leia também: Como minerar Ethereum? Descubra em 3 passos e faça em casa! / >

3. Tether

O Tether é uma stablecoin, pois seu lastro (garantia) reside em uma moeda física, que é o dólar americano. Contudo, em 2019, foi anunciado que não são 100% dos Tether que são lastreados com o dólar. 

Em relação a esse criptoativo, a estabilidade de preço é um diferencial para os investidores. Por isso, se tornou uma ótima opção para transferências entre sistemas e com diferentes criptomoedas. 

Com isso, os usuários conseguem fugir da volatilidade de outros ativos e não correm riscos de perdas significativas enquanto realizam as operações.

4. USD Coin

Assim como no caso anterior, a USD Coin também é uma stablecoin pareada com o dólar dos Estados Unidos. Ela pode ser considerada uma criptomoeda barata e promissora.

Isso porque, por ter um token de código aberto na Ethereum, a moeda procura manter o seu valor pareado ao dólar. Assim como no caso anterior, isso facilita o envio de valores e a integração entre diferentes soluções, uma vez que roda em múltiplas redes blockchain, como:

  • Ethereum;
  • Stellar;
  • Algorand;
  • Hedera Hashgraph;
  • Solana.

< Leia mais: Tipos de moedas virtuais: saiba quantas existem atualmente no mercado / >

5. BNB

A BNB, ou Binance Chain, foi lançada por uma das maiores exchanges (corretora de criptomoedas) do mundo, a Binance. As operações são validadas com tokens, sem a necessidade de uma rede própria de blockchain. 

Um dos motivos para ser considerada uma criptomoeda promissora para 2023 está relacionado ao forte desempenho do ativo e à estratégia de negócios da empresa. 

Neste contexto, é válido destacar que eles vêm recebendo diversos elogios de especialistas, fazendo com que a moeda seja hoje uma das mais negociadas do mundo.

ethereum criptomoeda promissora para 2023
Considerada a segunda maior criptomoeda do mundo, o Ethereum é uma tendência para 2023

Outras criptomoedas promissoras para você acompanhar

Como o mercado de criptomoedas é super dinâmico, sempre surgem novas oportunidades. E é nelas que é preciso ficar de olho.

Separamos a seguir os principais ativos que podem ser novas oportunidades para acompanhar. Confira quais são elas.

Avalanche (AVX)

Comparada a uma das principais criptos, a Ethereum, a Avalanche oferece as mesmas funcionalidades da sua concorrente. O seu diferencial é que o objetivo desse ativo é realizar transações muito mais rápidas e com taxas mais baixas. 

Lançado recentemente (2020), é um dos mais jovens do mercado. Nem por isso deixou de ganhar destaque entre os investidores. Isso porque o ativo, que iniciou 2021 cotado a US$ 3, teve uma valorização de 4.300%, chegando a US$ 134. 

Atualmente, está em sexto lugar na lista de criptomoedas mais valorizadas, com valor de mercado em US$ 109,7. Ou seja, o cenário para 2022 permanece positivo e pode ser uma boa alternativa para quem busca uma nova opção no mercado cripto. 

Ripple (XRP)

A XRP nada mais é do que a moeda nativa de um protocolo de pagamentos, o Ripple. Ela é uma facilitadora de transações, pois aceita outros tipos de ativos para executá-las. 

Por isso, se diferencia por ajudar instituições financeiras a terem mais rapidez na integração de criptomoedas. Em 2021, o papel passou por muita instabilidade. Porém, na sua resistência, chegou a uma valorização de mais de 400%.

No último mês, apesar da maioria das altcoins cambalear sob a influência de baixa, o XRP conseguiu exibir sentimentos positivos em seu gráfico. Seu preço subiu em 7% no último sábado (17 de setembro de 2022), indicando que há uma demanda no mercado impulsionando o seu preço.  

Cardano (ADA)

O principal objetivo desse papel é ser uma moeda digital, assim como o Bitcoin. Porém, seus fundadores se posicionam como a terceira geração desse mercado. 

A ideia é melhorar todos os erros e problemas das outras e ter uma solução aprimorada para quem usa. Outro ponto de destaque é que o ativo planeja ser uma fonte alternativa de pagamento para países onde o acesso a bancos é difícil. 

A criptomoeda teve excelente desempenho em 2021, chegando a uma valorização de mais de 1000%. Atualmente, ocupa o 9º lugar na lista de cotações, com valor em US$ 78,8. 

Assim, continua como uma oportunidade interessante por oferecer novas funcionalidades interligadas a seu sistema.

Cuidados ao investir em novas criptomoedas

Sempre que falamos sobre novas criptomoedas, é necessário ficar atento para evitar golpes. Segundo o country manager da Ripio, Henrique Teixeira, é fundamental ler o whitepaper (documento com informações sobre o projeto):

“É preciso analisar se os conceitos e fundamentos são claros; como a criptomoeda vai ser minerada; como ela vai ser inicialmente distribuída; quais são os mecanismos de criação de tokens e qual é a quantidade total de circulação”.

Ele complementa que é importante que o investidor tenha em mente dois cuidados básicos: “Recusar qualquer oferta que ofereça lucros astronômicos e se afastar de toda proposta que o bom senso possa trazer questionamentos”.

Quer dicas sobre como operar com criptomoedas com segurança?

< Leia mais: 7 dicas de como investir em criptomoedas / > 

Principais acontecimentos no mercado de criptomoedas 

O mercado de cripto em 2021 ganhou o noticiário diversas vezes. A maioria delas chamou a atenção por conta das fortes valorizações de alguns ativos, principalmente em meio à pandemia.

Contudo, como você viu, este cenário otimista mudou um pouco no começo de 2022. Isso fez com que os investidores de cripto vivessem um período de incertezas, com altas desvalorizações, inclusive das moedas criptomoedas mais promissoras.

Confira a seguir alguns destaques nos últimos anos.

Criptomoedas em 2021

Dogecoin

A moeda, que tem um cachorro engraçado como símbolo, ganhou as manchetes após conseguir incríveis 14.000% de valorização. Até mesmo para quem já investia em criptos o resultado foi espantoso.

Um dos grandes responsáveis por isso foi o bilionário Elon Musk, que fez uma declaração dizendo que o ativo seria uma alternativa mais em conta do que o Bitcoin.

El Salvador 

O país da América Central foi o primeiro a legalizar o Bitcoin. Com isso, a cripto passou a se tornar moeda corrente do país. Inclusive, o Estado passou a armazenar o ativo em suas reservas, entrando até mesmo no balanço financeiro da nação. 

Muitos comércios tiveram que adaptar seus meios de pagamento, trazendo a tecnologia adequada para as transações. 

Criptomoedas em 2022

Atualização Ethereum

A atualização Merge (ou Fusão, em português) da rede Ethereum foi concluída agora em setembro com sucesso. Ainda assim, o Bitcoin (BTC) continua sendo a criptomoeda preferida das instituições (e de El Salvador).

Apesar disso, o novo mecanismo de consenso do Ethereum e a escalabilidade que deve acompanhá-lo pode atrair novos interesses.

Isso porque, entre uma das principais mudanças, temos o mecanismo de mineração do Ethereum. Ele passará de um modelo de prova de trabalho (proof-of-work, ou PoW) para um de prova de participação (proof-of-stake, ou PoS).

Essa mudança é muito mais ecológica, o que beneficiará uma redução drástica no consumo de energia, podendo, inclusive, trazer novos investidores.

Para entender mais sobre os conceitos de PoW e PoS, confira este conteúdo.

< Leia também: Saiba o que é mineração de criptomoedas e o que é necessário para ganhar ativos na internet / >

Por onde investir em criptomoedas promissoras?

Como você viu ao longo do texto, o mercado de criptomoedas continua sendo promissor. Porém, vale ressaltar que é importante muito estudo e aprendizado para investir. Mais do que isso, diversificar é essencial.

Mas, afinal, como investir em moedas digitais promissoras? A Xtage é a nova plataforma de criptomoedas da XP que permite, a princípio, transações com Bitcoin e Ethereum. Para saber mais, confira este vídeo:

Mas, além disso, a XP Educação tem o curso ideal para quem quer aprender a investir em criptoativos com total segurança. Esse curso é para quem:

  • quer aprender a investir em criptoativos com total segurança;
  • quer aprimorar seus conhecimentos sobre este tipo de investimento;
  • não tem medo de arriscar com sabedoria.

Aproveite e conheça também o XPE Multi+: uma plataforma de assinatura da XP Educação. É um ecossistema digital de aprendizado contínuo para desenvolver profissionais para a nova economia digital. Seja Multi+!

spot_img

Continue Aprendendo

spot_img