O que é reserva de liquidez? Confira 7 passos para planejar suas emergências

Entenda aqui o que ela significa e qual a import√Ęncia dela na sua vida financeira

Se teve uma coisa que a Covid-19 ensinou para o brasileiro foi a import√Ęncia de manter uma reserva de liquidez. Afinal, ningu√©m sabe quando ir√° se deparar com um imprevisto, como uma demiss√£o, um caso de doen√ßa na fam√≠lia ou mesmo uma pandemia. Por esses e outros motivos, √© preciso se preparar.

Um levantamento realizado pela Confedera√ß√£o Nacional da Ind√ļstria (CNI) realizado em 2022 mostra que 69% dos brasileiros n√£o conseguem guardar dinheiro no fim do m√™s. Apenas 29% das pessoas dizem poupar uma parte do que recebem.¬†

Quer entender melhor o que é reserva de liquidez e como ela pode te manter longe das dívidas em momentos de dificuldade? Então, leia este post até o final e aprenda como fazer uma reserva de emergência, quanto juntar, onde deixar e quando usar.

O que é reserva de liquidez?

A reserva de liquidez, também conhecida como reserva de emergência, refere-se ao dinheiro que você economiza ao longo do tempo e serve para cobrir seus gastos diante de imprevistos. São aqueles acontecimentos que reduzem sua renda de forma repentina ou aumentam seu custo de vida, como no caso de uma demissão ou doença na família.

Essa aplica√ß√£o deve ser prioridade para qualquer pessoa, uma vez que pode garantir a cobertura dos gastos durante um per√≠odo de aperto, evitando que entre em d√≠vidas. √Č por isso que as principais caracter√≠sticas desse tipo de investimento sempre devem ser: seguran√ßa e liquidez, da√≠ o nome, reserva de liquidez.

E liquidez nos investimentos, o que é?

O termo ‚Äúliquidez‚ÄĚ representa o n√≠vel de facilidade para o resgate de um investimento, ou seja, o prazo necess√°rio para que o investidor tenha o dinheiro dispon√≠vel para uso. Quanto mais r√°pido for este processo, mais alta √© a liquidez da aplica√ß√£o. Por outro lado, quanto mais demorado, menor √© a liquidez.

Como estamos falando de situa√ß√Ķes de emerg√™ncia, √© preciso ter em mente que este dinheiro deve estar acess√≠vel para a retirada de forma √°gil. Por isso, a reserva de emerg√™ncia tem sempre que ser aplicada em ativos de alta liquidez, com investimentos como CDBs, Tesouro Selic, Fundos DI ou mesmo a poupan√ßa. Afinal, esses s√£o ativos que podem ser resgatados no menor tempo poss√≠vel.

Essa mec√Ęnica n√£o funciona em outras modalidades de investimento. Digamos que voc√™ invista em im√≥veis. Diante de um imprevisto, mesmo que venda abaixo do valor de mercado, ainda levar√° um tempo para receber o dinheiro. Outro exemplo √© no caso do investimento em a√ß√Ķes: √© necess√°rio esperar que elas se valorizem para poder vender e obter lucro. Do contr√°rio, voc√™ perder√° parte do investimento.

Qual a diferença entre reserva de emergência e reserva de oportunidade?

Muitas pessoas confundem reserva de emerg√™ncia com reserva de oportunidade, o que √© um grande erro. Embora nos dois casos nos referimos a um dinheiro economizado e aplicado em ativos seguros (e com alta liquidez), s√£o conceitos voltados para situa√ß√Ķes completamente diferentes. A seguir explicamos cada um deles:

  • Reserva de Emerg√™ncia ‚Äď tem a fun√ß√£o de te proteger das d√≠vidas em uma poss√≠vel situa√ß√£o de aperto, como uma demiss√£o, doen√ßa grave, roubos, etc.

Reserva de Oportunidade ‚Äď tem como foco acumular dinheiro para aproveitar oportunidades que possam surgir, seja um investimento que se mostre vantajoso ou at√© mesmo a compra de um bem a um pre√ßo abaixo do mercado.

Quem deve fazer uma reserva de liquidez?

A reserva de emerg√™ncia √© indicada para todas as pessoas, mas ela √© primordial, sobretudo, para quem possui d√≠vidas e custos de vida essenciais. √Č o caso, por exemplo, de pessoas ou fam√≠lias que tenham financiamento habitacional, pagam conv√™nio m√©dico mensalmente, vivem de aluguel, entre outros. 

H√° casos ainda onde pessoas s√£o respons√°veis pelo sustento de fam√≠lias. Se voc√™ tem filhos, por exemplo, precisa pensar nos custos que envolvem o dia a dia da crian√ßa, que v√£o desde alimenta√ß√£o at√© gastos com escola, por exemplo.  

< Você pode gostar: 5 tipos de investimentos para iniciantes />

Como criar uma reserva de emergência?

A reserva de liquidez deve ser o primeiro investimento de qualquer pessoa e, sem sombra de d√ļvidas, um dos mais importantes. No entanto, muitos n√£o sabem por onde come√ßar. Mas n√£o se preocupe, pois estamos aqui para te ajudar!

A seguir separamos um passo a passo com 7 etapas para você criar a sua reserva de emergência. Confira:

1. Analise sua situação financeira

O primeiro passo √© entender o seu or√ßamento. Some todas as suas fontes de renda e a das outras pessoas que dividem os custos com voc√™. Dessa forma, poder√° saber o valor total que todos, juntos, possuem de recursos. 

2. Faça um levantamento do seu custo de vida mensal

O objetivo deste passo é descobrir quanto você e sua família gastam por mês. Para isso, anote todos os gastos da casa, tanto os fixos quanto os variáveis. Como exemplo de gastos fixos podemos citar: aluguel, contas de água, luz, internet, gás, financiamento, entre outros. Já com relação aos variáveis, que são aqueles que mudam de um mês para o outro, temos: mercado, restaurantes, passeios, combustível, compras secundárias, etc.

3. Corte gastos desnecess√°rios

Sabe aquele velho pensamento: ‚Äúvou come√ßar a economizar somente quando sobrar algum dinheiro‚ÄĚ? Ent√£o, a verdade √© que, se depender disso, voc√™ n√£o vai economizar. Porque sem um planejamento a gente simplesmente vai gastando e, quando v√™, passa mais um m√™s sem sobrar nada.

N√£o h√° mais desculpas. No passo n√ļmero 2 voc√™ anotou todos os gastos da sua fam√≠lia. Com isso voc√™ tem em m√£os uma √≥tima chance de identificar onde √© poss√≠vel economizar e cortar alguns gastos sup√©rfluos. Aproveite cada oportunidade para economizar, pois assim ser√° poss√≠vel alcan√ßar um or√ßamento familiar mais equilibrado. Com isso, sobrar√° mais dinheiro para a sua reserva de emerg√™ncia e, tamb√©m, para seus investimentos.

< Veja também: O que é um orçamento familiar? />

4. Defina suas metas pessoais e profissionais

Ao levantar o custo de vida mensal da sua família e já ter em mãos o orçamento disponível, você deve estipular uma meta de economia mensal para começar a juntar a sua reserva de liquidez. Quanto tempo você quer que essa reserva dure em caso de necessidade?

Como dissemos anteriormente, o ideal é pensar em um período de, pelo menos, seis meses. Isso serve para que você tenha mais tempo para se restabelecer com tranquilidade.

Digamos que o seu custo de vida mensal seja de R$ 2,5 mil e você queira fazer uma reserva para seis meses. Logo, seu objetivo será acumular R$ 15 mil. Se você conseguir economizar R$ 500 por mês, levará trinta meses para juntar essa quantia.

Mas é claro que tudo depende do seu objetivo e do quanto você consegue reservar por mês. Então, faça as contas e economize!

5. Envolva todas as pessoas da família

Assim como √© preciso saber a renda de todos da fam√≠lia, √© importante inclu√≠-los igualmente neste planejamento. N√£o individualize as decis√Ķes. Afinal, se todos est√£o colaborando para um mesmo objetivo, eles devem participar desse momento. Essa postura √© essencial, principalmente, para explicar a import√Ęncia da reserva de emerg√™ncia. 

Vale ressaltar que nem todos os membros da fam√≠lia podem ter familiaridade com o or√ßamento dom√©stico. Por isso, essas conversas s√£o importantes para colocar todo mundo na mesma p√°gina. Discutam os gastos e mostre onde √© poss√≠vel economizar. Mostre que, juntos, voc√™s podem prosperar e ter uma vida financeira equilibrada. 

6. Estude sobre investimentos

Antes de fazer qualquer tipo de aplicação, o ideal é estudar pelo menos o básico sobre as diferenças existentes em cada uma delas. Dessa forma, você terá ainda mais segurança na hora de investir a sua reserva de liquidez. Vale ressaltar que é importante ficar de olho, especialmente, em ativos que garantam um resgate rápido. Afinal, caso você precise do dinheiro, a retirada não será um problema. Evite cometer erros financeiros

Se voc√™ est√° apenas come√ßando no universo das finan√ßas, n√£o se preocupe. Para ajudar separamos o ebook ‚ÄúEduca√ß√£o Financeira: Primeiros Passos‚ÄĚ. Voc√™ pode baixar de forma totalmente gratuita. Basta clicar no banner abaixo. N√£o perca essa oportunidade. 

7. Invista algum dinheiro na sua reserva de emergência

O √ļltimo passo de como fazer uma reserva de liquidez √©, finalmente, definir onde investir esse dinheiro. Afinal, se voc√™ deixar na caderneta de poupan√ßa ou debaixo do colch√£o, perder√° parte do seu valor para a infla√ß√£o.

Como mencionamos anteriormente, entre as melhores formas de investimento para sua reserva de emerg√™ncia est√£o: Tesouro Selic, CDBs com liquidez di√°ria e fundos DI. Todas elas s√£o consideradas renda fixa. Portanto, estude as op√ß√Ķes e encontre a que faz mais sentido para o seu caso.

Qual o valor ideal de uma reserva de emergência?

Não há como determinar quanto ter na reserva de emergência, tendo em vista que cada pessoa apresenta um custo de vida diferente. No entanto, vale lembrar que o objetivo da reserva de liquidez é juntar e separar uma quantia suficiente para que você possa cobrir custos inesperados. Lembrando, claro, que ela te ajudará a se manter até que você consiga reestruturar as suas finanças pessoais, ou seja, é algo provisório, voltado para um momento pontual.

Com isso, especialistas, de forma geral, recomendam que o valor de sua reserva de liquidez corresponda √† soma de 6 a 12 meses do seu custo de vida (ou da sua fam√≠lia), considerando gastos fixos e vari√°veis. 

Ou seja, se o custo m√©dio de vida da sua fam√≠lia √© de R$ 2 mil por m√™s, o ideal √© que sua reserva de emerg√™ncia some um valor de, pelo menos, R$ 12 mil ‚ÄĒ considerando um cen√°rio de 6 meses. No caso de uma reserva de 1 ano, este valor deveria ser de R$ 24 mil.

Dica extra: onde guardar a sua reserva de liquidez e ainda obter rendimentos

Aqui √© importante ficar de olho nas principais caracter√≠sticas de um investimento para deixar a sua reserva de emerg√™ncia: alta liquidez e baixo risco. Aplica√ß√Ķes com esses aspectos n√£o ter√£o um grande rendimento, mas a ideia √© que sirvam somente para repor a infla√ß√£o, evitando que voc√™ perca dinheiro. Com essa ideia, podemos dizer que as aplica√ß√Ķes mais indicadas para este fim s√£o:

  • Tesouro Selic;
  • CDBs com liquidez di√°ria;
  • Fundos DI.

Algumas pessoas ainda s√£o apegadas √† poupan√ßa, mas √© importante destacar que seu rendimento dificilmente cobre a infla√ß√£o, o que significa que seu dinheiro desvaloriza com o tempo. N√£o ser√° um grande preju√≠zo mas, convenhamos, h√° op√ß√Ķes melhores de investimento, como essas que citamos agora h√° pouco.

Quando usar a reserva de emergência?

Como o pr√≥prio nome sugere, a reserva de emerg√™ncia deve ser usada apenas em situa√ß√Ķes de emerg√™ncia! Ela te ajudar√° a bancar suas contas em momentos em que voc√™ tiver uma redu√ß√£o repentina na sua renda, ou seja, caso voc√™ perca o seu emprego ou tenha qualquer tipo de despesa inesperada.

Tenha em mente que, se voc√™ ceder √† tenta√ß√£o e usar esse dinheiro em situa√ß√Ķes sup√©rfluas, como trocar de carro, reformar a casa ou fazer uma viagem, caso surja uma emerg√™ncia, voc√™ j√° n√£o poder√° contar com este recurso.

Neste sentido, tamb√©m √© importante deixar claro que, caso utilize a reserva de liquidez em algum momento, dever√° repor o dinheiro assim que poss√≠vel, mantendo o seu ‚Äúcolch√£o‚ÄĚ de apoio financeiro em dia.

Import√Ęncia do autoconhecimento financeiro para criar sua reserva de liquidez

A reserva de liquidez √© o primeiro passo para a liberdade financeira, uma vez que ela te resguarda de poss√≠veis imprevistos que acabariam te colocando em d√≠vidas. Ela ainda permite que voc√™ tome decis√Ķes financeiras com mais seguran√ßa e tranquilidade.

Com a reserva de emerg√™ncia em dia, voc√™ pode buscar outras formas de investir o seu dinheiro, com o objetivo de seguir aumentando seu patrim√īnio.

Agora que você já sabe um pouco mais a respeito de reserva de liquidez, que tal investir em mais conhecimento sobre finanças? No curso O Poder do Autoconhecimento Financeiro você transformará a sua vida financeira e vai melhorar a sua relação com o dinheiro, proporcionando uma análise e reflexão sobre as finanças.

Esse e outros cursos est√£o dispon√≠veis assinando o XPE Multi+, uma plataforma digital completa com workshops voltados tanto para investimentos como para crescimento profissional. √Č um lugar onde voc√™ ter√° aprendizado cont√≠nuo e com a qualidade da XP, uma das maiores empresas do segmento no Brasil. Saiba mais!

spot_img

Continue Aprendendo

spot_img