Ágio e deságio: entenda de uma vez por todas [Exemplos]

Para compreender o mercado financeiro é preciso entender o significado dos termos utilizados, como é o caso de ágio e deságio.

Embora pareçam complicados à primeira vista, ambos representam conceitos simples, presentes tanto em renda fixa quanto em renda variável.

E, por estarem atrelados às condições e taxas aplicadas a investimentos e transações, se você deseja investir, é essencial saber como eles funcionam na prática.

Pensando nisso, desenvolvemos este artigo com informações e exemplos de cada um deles.

>>> Quer investir na bolsa de valores, mas não sabe por onde começar? Clique no banner abaixo e confira o curso Comece a investir na bolsa de valores para ingressar neste universo com segurança.

Aprenda a investir na bolsa de valores

Ágio e deságio em investimentos

Basicamente, o ágio funciona como uma cobrança adicional (reduzindo a rentabilidade do investimento) e o deságio funciona como um desconto na compra de um produto, de acordo com as condições do mercado e do ativo.

Ao comprar ativos com deságio, por exemplo, você pode ter como benefício a diferença do valor do bem e o preço de compra. Nesse caso, a vantagem é adquirir por menos algo que vale mais.

No entanto, é importante destacar os riscos do deságio. Muitas vezes, a redução do preço tem um motivo, como notícias negativas sobre determinada empresa.

Além disso, o deságio também pode causar um impacto negativo para o investidor que decide vender seu ativo em um momento ruim, como quando um título de renda fixa é resgatado antes do vencimento e o preço está menor do que a taxa combinada.

Por outro lado, existe a possibilidade de encontrar ágio na venda, o que significa que seu título pode estar valorizado no mercado, fazendo com que a venda antecipada gere um retorno financeiro superior à taxa inicialmente contratada.

Veja a seguir os conceitos de ágio e deságio:

O que é ágio

O termo ágio é utilizado quando uma mercadoria ou operação financeira está sendo negociada por um preço mais alto.

Ou seja, dizer que um ativo está com ágio significa que ele está custando mais caro do que seu valor de mercado.

Apesar de ser uma palavra utilizada com frequência no mundo dos investimentos, o ágio também faz parte do dia a dia de diversas maneiras.

Sendo assim, é possível encontrar ágio não somente em produtos financeiros, mas também em quaisquer outras mercadorias.

O que é desagio

Já o deságio é o exato oposto do ágio: trata-se de adquirir um bem por um valor inferior ao que ele realmente vale.

Em outras palavras, podemos definir o deságio como a diferença entre o valor de mercado e o preço da compra do produto, quando ele é inferior ao do mercado.

Um dos principais efeitos do deságio é o aumento da rentabilidade da compra.

Portanto, assim como o ágio é um forte aliado do vendedor, o deságio é um grande parceiro do comprador, seja de mercadoria ou produto financeiro.

>> Assista o vídeo abaixo e saiba como os indicadores macroeconômicos impactam seus investimentos

Exemplos práticos de ágio e deságio

Ainda não ficou claro para você o que é agio e deságio? Não se preocupe. Selecionamos abaixo exemplos práticos para que você entenda definitivamente.

Exemplo de ágio

Imagine que você está em um leilão. Sabemos que, em leilões, os produtos possuem uma oferta inicial pré-estabelecida. À medida que as pessoas se interessam por ele, dão seus lances e o valor aumenta.

Nesse caso, quando o objeto em questão é arrematado, o ágio é a diferença entre o valor pago e o valor de avaliação.

Por exemplo:

  • oferta inicial: R$ 100
  • valor arrematado: R$ 600
  • ágio: R$ 500

Exemplo de deságio

Vamos supor que você comprou uma ação por R$ 100 na Bolsa de Valores mês passado e hoje ela está custando R$ 90.

A diferença entre os dois valores (ou seja, R$ 10) é o deságio da transação. Nesse caso, o comprador teria mais vantagens na aquisição da ação do que você, como vendedor, na venda.

Como os dois conceitos afetam os títulos públicos

Os títulos públicos têm diferentes preços de compra e venda no mercado secundário, por isso, é normal que eles variem entre ágio e deságio, com base nas condições do mercado.

O valor das taxas é definido de acordo com a oferta e demanda dos produtos, influenciadas pelos movimentos da própria economia do Brasil.

Uma das principais características dos títulos públicos é o fato do governo comprá-los a qualquer hora. Dessa forma, é possível vendê-los antes da data de vencimento.

Entretanto, caso você tenha adquirido um título Tesouro IPCA, por exemplo, queira vendê-lo antes do prazo, o valor pode não ter a rentabilidade contratada, pois estará atrelado ao mercado atual, podendo apresentar ágio ou deságio comparado à taxa combinada.

Inclusive, a página de consulta de preços dos títulos do Tesouro possui uma coluna com as taxas de negociação. Por meio dela, é possível identificar a ocorrência de ágio ou deságio. Há três possibilidades:

  • valor de 0%: representa um caso de negociação ao par (sem ágio ou deságio);
  • valores positivos: indicam deságio ao ano sobre a taxa de rentabilidade;
  • valores negativos: significam ágio ao ano sobre a taxa de rentabilidade.

Aprenda a identificar ágio e deságio nos seus investimentos

Observar a taxa de juros ao fazer uma aplicação financeira e, posteriormente, ao negociar um ativo financeiro é uma maneira de identificar ágio ou deságio nos seus investimentos.

Contudo, para saber se vale ou não a pena vender seu título neste momento, é necessário fazer uma cotação do preço do ativo no mercado.

Caso o valor esteja maior do que o preço que você pagou na aplicação, então o ativo está com ágio (sendo vantajoso vendê-lo). Se o preço for mais baixo, caracteriza deságio (a venda não é vantajosa).

Atenção aos impactos do ágio e deságio

Por fim, entre os principais impactos do ágio e do deságio nos investimentos, podemos destacar a rentabilidade.

  • Ágio: reduz a rentabilidade, pois o ativo é adquirido por um valor mais alto do que realmente vale.
  • Deságio: aumenta a rentabilidade, pois o ativo é adquirido por um valor mais baixo do que realmente vale;

Agora que você já sabe o que é ágio e deságio, continue explorando o mundo dos investimentos com a gente. Disponibilizamos um e-book gratuito sobre Como se formam os preços dos ativos. Clique no banner abaixo e faça o download agora mesmo!

Imagem da campanha de um livro digital gratuito com o tema "Como se formam os preços dos ativos" da Xpeed School.

banner graduação da xp educação

Continue Aprendendo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui