Microeconomia e macroeconomia: entenda a diferença e a importância de cada uma

Em qual contexto você costuma ouvir falar sobre economia? Provavelmente no político, certo? Embora muitas vezes pareça distante do cotidiano das pessoas, é ela quem sustenta o conceito de sociedade que conhecemos hoje.

Para entender melhor esse conceito, podemos dividir a economia em duas partes: microeconomia e macroeconomia. Você sabe o que cada uma delas significa?

Basicamente, trata-se da perspectiva sobre a qual a sociedade avalia a economia. Em uma, os detalhes são priorizados, enquanto na outra o assunto é tratado de maneira mais ampla. Aqui nesse artigo, nós explicamos cada uma e suas características. Confira!

O que é microeconomia?

Assim como o nome já sugere, a microeconomia tem como objetivo analisar a sociedade em um nível maior de detalhes. Isso significa entender o comportamento, ações e impactos provocados por entidades específicas e individuais, como pessoas, empresas e até mesmo países.

A principal função da microeconomia é estudar como ocorre a interação entre esses indivíduos e como isso afeta a sociedade. Por exemplo: como uma empresa se relaciona com uma pessoa e como isso interfere na lei de oferta e demanda.

Outra prática da microeconomia está pautada pela maneira como os indivíduos usam os recursos disponíveis e se relacionam com fatores como serviços, bens e preços. Exemplo: de que maneira uma família utiliza sua renda mensal.

Que atire a primeira pedra quem nunca cometeu um erro na jornada de investimentos. Porém, se você está começando agora, precisa estudar bastante para não cometer as falhas mais recorrentes dos investidores.

>>> Na série “Investimento às Claras”, a especialista da Xpeed, Clara Sodré, conta quais são os 5 principais erros do investidor iniciante. Dê o play e confira: 

Principais características da microeconomia

Imagine uma pirâmide. No topo, a sociedade como um todo, com suas relações internacionais e indicadores. Na base, elementos individuais de uma sociedade, como as pessoas, suas famílias e empresas. É na base que está fundamentada a microeconomia, e essa é sua principal característica.

Com as informações obtidas individualmente, a microeconomia analisa como elas impactam o todo, ou seja, a nação. Uma empresa listada na Bolsa de Valores, por exemplo, pode influenciar a situação econômica de um país apenas por anunciar fusões, lucros ou prejuízos.

Um dos desdobramentos mais importantes decorrentes de uma análise microeconômica é a formação de preços de um produto. Ao considerar variáveis individuais, que vão desde insumos e mão de obra, ela é capaz de determinar o preço de um item.

Em resumo, as principais características da microeconomia são:

  •   A análise de variáveis individuais e que ajudam a entender e determinar o todo.
  •   O foco em fatores como preços, produtos, ofertas e demandas.
  •   Aplicação em questões operacionais ou de menor complexidade. 

E macroeconomia, o que é?

Como o próprio nome também diz, a macroeconomia estuda fatores mais amplos, que conduzem vários aspectos do mercado financeiro.

É com ela que conseguimos observar alguns dos índices mais importantes da economia de um país, como: taxa de juros, de desemprego, nível de inflação, crescimento ou queda do PIB, entre outros. 

Com todas essas variáveis, os analistas conseguem descobrir tendências e relacionar informações como, por exemplo, o impacto da queda dos juros no índice de desemprego.

E não é só: os especialistas de mercado ainda levam em conta esses dados para fazer diversas análises, pois são números com uma grande representatividade no cenário financeiro de um país. 

Com os números em mãos, essas análises começam a ser cascateadas para quase todos os segmentos da economia. O resultado gera um forte impacto nesses nichos, seja positiva ou negativamente. 

Por falar nisso, como será que os indicadores macroeconômicos impactam seus investimentos?

>>> Na série “Investimento às Claras”, a especialista em finanças da Xpeed, Clara Sodré, explica rapidamente como esses dados são importantíssimos. Sabendo disso, o ideal é que você seja sempre uma pessoa atualizada e esteja por dentro de tudo o que acontece no país. Dê o play no vídeo abaixo e confira mais algumas dicas sobre o tema: 

Principais características da macroeconomia

Conforme falamos, a macroeconomia possui uma forma ampla de analisar o mercado. É com ela que podemos entender diversos movimentos financeiros, sejam nacionais, internacionais ou, até mesmo, globais.

Além dos indicadores que já citamos, alguns acontecimentos atípicos podem impactar diretamente a macroeconomia. Um bom exemplo é a pandemia do coronavírus, que trouxe uma série de impactos para todos os mercados.

Além desses fatores, há outras características importantes na macroeconomia, como: análise da renda per capita, poder de compra das pessoas, distribuição de renda e quantidade de pessoas empregadas.  

Microeconomia e macroeconomia: qual o conceito mais importante?

Na verdade, os dois mercados são extremamente importantes. A diferença está no objetivo da sua análise.

Para observar informações específicas como, por exemplo, relacionadas ao segmento de varejo, será necessário um mix entre ambas. A taxa de juros e de desemprego, que são indicadores macroeconômicos, além da lei de oferta e demanda, que são fatores micro, podem oferecer boas respostas para esse caso. 

No final das contas, o ideal é conhecer a fundo as principais diferenças entre um e outro. Isso fará com que suas análises tenham ainda mais assertividade.

Para quem está pensando em investir, entender cada um dos conceitos é essencial, pois eles impactam diretamente no resultado das aplicações.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre microeconomia e macroeconomia, que tal investir em mais conhecimento de mercado? Aqui na Xpeed você pode aprimorar ainda mais sua compreensão a respeito das principais formas de investir.

No curso “Cenários e investimentos: macroeconomia para investidores” você vai conhecer em profundidade os principais indicadores da economia brasileira e como elas impactam os investimentos. Faça já a sua inscrição clicando no link abaixo:

Imagem da campanha de um curso online sobre "Macroeconomia para Investidores" da Xpeed School.

banner graduação da xp educação

Continue Aprendendo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img